O que procuramos quando estamos solteiras...


Como disse no artigo anterior, apesar de muitas pessoas não gostarem, quando estamos sozinhas pouco nos resta além dos bares. É neles que encontramos velhos amigos, fazemos novos, e eventualmente encontramos pessoas interessantes que podem ser fortes candidatas ao posto de novo petisco.

Este fim de semana em especial teve várias atrações em que as solteiras, ou as avulsas puderam sair em busca do novo petisco. Parada Gay, jogo do Brasil, festas juninas, festas só para meninas...

Com tantas atrações não é difícil você sair e conseguir se divertir sem nem lembrar mais a tragédia que foi o fim do seu último relacionamento. E se você como eu, já tinha eleito a candidata mais propensa ao título de novo petisco resolveu sair a partir de sexta-feira, dia de boate só para meninas!

É sua primeira experiência em público com a candidata, ela faz parte daquelas que te prometem amor eterno, idolatram sua beleza, e fazem qualquer coisa para estar ao seu lado, e você na contrapartida resolveu, finalmente, entrar em uma relação sem estar cega de amor!

Vocês chegam ao bar e conversam sobre as pessoas que vocês conhecem. Descobrem que não tem quase nenhuma conhecida em comum e isso pode até ser bom. No meio da noite você começa a perceber que a candidata não está muito a vontade ao seu lado, parece não querer que as pessoas vejam que ela está acompanhada. A ira começa a tomar conta do seu corpo de forma incontrolável. Já é tarde e ela diz que quer ir embora, como você já está irritada, concorda. Vai a fila do caixa, porque sempre tem uma fila, paga e se dirige à saída. Quando chega à porta do bar tem a grande surpresa da noite...a primeira mulher com quem você ficou na vida, está parada ao lado da porta, linda, muito mais linda do que quando vocês se conheceram, e sozinha! Tanto quanto você ela tem saudades, conversam felizes por se reencontrarem, conversa vai, conversa vem, e você nota que a candidata a petisco desapareceu, e pior você está com a consumação dela na mão! E agora? Sair em busca da candidata e deixar pra trás está conversa tão agradável? Melhor pensar rápido! Você sai em busca da candidata e encontra a criatura parada ao lado da porta de saída, ela te olha e diz: pensei que fosse ficar. Você que ainda está com raiva por causa das atitudes da guria dentro da boate responde: Mas eu vou ficar! E volta feliz conversar com a sua primeira mulher.

Ela agora está conversando com outras duas amigas que você também conhece, e a conversa flui animada.

Há pessoas que dizem que repetir figurinha é fim de carreira! Será? Talvez hajam exceções!

No meu caso há sim! Ela foi a mais divertida de todas as mulheres com quem já me relacionei, uma das mais bonitas também, e além disso fizemos muitas coisas agradáveis quando namorávamos, todas essas razões e mais algumas que não ouso escrever me fizeram ficar. Conversamos, dançamos, conversamos, e foi uma das melhores noites que tive nos últimos tempos, embora tenha voltado pra casa sozinha.

Não nos víamos e nem nos falávamos há muito tempo, foi o momento então de colocar a conversa em dia. O impressionante é que apesar de tanto tempo longe conseguimos nos entender perfeitamente.

Espero que novos encontros como este aconteçam com mais freqüência!

E sabem de mais uma coisa, a cada vez que escrevo aprendo uma lição e as que surgem nesta semana são as seguintes:

- A primeira mulher a gente nunca esquece! (Pelo menos a minha!)

- As noites nos bares podem revelar surpresas agradabilíssimas

- Não ficar com ninguém, pode não ser o fim do mundo

- Se a ex apontar as coisas que deram errado entre vocês, não ache ruim, reflita!

Seguindo o exemplo de minha amiga Lady Jolie, a música desta semana é “Dois bicudos – Ana Carolina” porque sempre tem um amigo pra falar que o nosso amor nunca foi feito pra durar!!!

Na semana que vem vou falar sobre um problema comum nos fins de relacionamento: a divisão dos bens! Aliás é este o momento que estou vivendo. E se você como eu nunca conseguiu sair de um relacionamento sem deixar pra trás pelo menos uma camiseta, não perca!!!!

Opiniões e sugestões escreva para zaraschnauzer@gmail.com




Conteúdo relacionado