Gírias do Sul – não se perca!

Redação Lado A25 de Maio, 200718h27m

COMPARTILHAR


E o gaúcho foi para Florianópolis e não entendeu nada. O catarina se perdeu no vocabulário dos paranaenses e o curitibano foi contar para os amigos de Porto Alegre que não compreenderam nada.


Apesar da colonização européia, do clima mais ameno e de fazerem parte da mesma região do país, moradores dos três estados sulistas têm suas diferenças, dentre elas no vocabulário específico de cada região. A ilha de Florianópolis, em razão da sua colonização portuguesa, é a campeã em expressões diferentes. Mas o povo da ilha já avisa que as expressões são antigas, que só manezinho mesmo fala daquele jeito.


Se te chamassem de ‘trocinho’ você se ofenderia? É que no Rio Grande do Sul, esse é um modo carinhoso de se referir a alguém. E boi ralado? Tem noção do que é? É carne moída em Florianópolis, ou guizado, para os gaúchos.


Separamos algumas gírias locais para você não fazer feio durante um intercâmbio com pessoas de outros estados. Use os comentários para inserir mais gírias da sua região!!!



Rio Grande do Sul
Bah = interjeição multiuso
Tri = bastante
Trocinho = pessoa
Guisado = carne moída
Um quadro = pessoa engraçada
Sinaleiro = semáforo
Parada de ônibus = ponto de ônibus
Eita Bigorna! = Eita nós!
Massinha = pão doce
Cacetinho = pão francês
Negrinho = brigadeiro (doce)
Um ar = lindo
Leleca = lésbica
Tô tisga = falta de sexo
Designer = bill
Rasgada = colocada
FGTS = foda garantida toda semana
Irene = bicha velha
Dar a Esper = dar a Elsa


Paraná
Vina = salsicha
Mala = pasta, mochila
Penal = estojo
Chineca = pão doce
Mimosa = tangerina
Bergamota = tangerina
Anta de teta = burro
Jacú = brega
Borrachudo = mosquito
Dar uma banda = dar uma volta
Tigrada = vileiros, manos
Bater um fio = ligar
Tipo… = por exemplo
Trovar = tirar sarro
Me cuidando = me encarando


Santa Catarina

Mandrião = malandro
Bacio = privada
Tanço = desajeitado
Pomba = vagina
Di já oji = diz agora mesmo
Istopô = pessoa imprestável
Abobado = tolo, bobo
Arrombassi = arrasou
Acachapado = cansado, desanimado
Atoxei = colocar demais
Banzé = confusão
Biju = pessoa bonita
Bilontra = pessoa que chora por interesse
Bilora = homossexual, bicha
Bucho = pessoa feia
Cisco = lixo
Cosca no lombo = querendo apanhar
Empombado = cismado
És bom pô fogo = não vales nada
Esbudegado = cansado
Espirro de pica = pessoa pequena
Guarda-comida = móvel de cozinha
Malinagem = malvadeza
Me arrombei-me todo = me dei mal
Nisquinha = pouquinho
Ó-lhó-lhó = olha só
Qués pau pula = queres brigar, vem
Quibinga = diabo
Ralha = dar uma bronca
Si qués qués, si não qués diz = se queres queres, se não queres diz
Te arranca daí = sai daí
Vaz comer ou qués que embrulhe = para viagem?
No pio = na conversa

Redação Lado A

SOBRE O AUTOR

Redação Lado A

A Revista Lado A é a mais antiga revista impressa voltada ao público LGBT do Brasil, foi fundada em Curitiba, em 2005, pelo jornalista Allan Johan e venceu diversos prêmios. Curta nossa página no Facebook: http://www.fb.com/revistaladoa

Banner Marcação 1000x220

COMPARTILHAR


COMENTÁRIOS