Tensão pré vestiba

Se você já passou pelo 1° e pelo 2° ano do ensino médio e agora vem o 3°, se prepare:  o bicho vai pegar!

 

Sempre fui um aluno muito estudioso, até demais. Não matava aula, não fazia bagunça, nunca fui mandado para fora da sala. O santo sabe! Sempre tive notas ótimas em relação aos outros garotos, não tirava 100 em todas as matérias mas minhas notas eram as mais altas. Eu ficava tão neurótico com nota que, às vezes, assumo, eu estudava pela nota e não com a intenção de aprender algo novo.

     

Agora, cheguei no 3º. ano. Desespero total. Neurose. Vi que fiz tudo errado. Muito ódio de mim, não foi por minha culpa mas também por culpa dos meus professores. O vestibular está aí e as notas que eu tanto penava pra ganhar, não me servem de nada. O conhecimento tão necessário que eu devia ter para passar no vestibular, eu não tenho (já que me preocupava com nota e não com a aprendizagem). Lógico que eu aprendia as coisas mas não porque eu queria mas porque era necessário. Aí passavam dois dias e não lembrava de mais nada.

 

Agora como um pré-vestibulando, vejo que o ensino no Brasil é uma merda. Sempre, desde pequeno, fui acostumado com a política “café com leite” (não aquela do acordo de São Paulo e Minas Gerais, mas um tipo pior do que essa). A política café com leite que eu falo é aquela que os professores aplicam nas escolas, do “ai coitado do aluno, não vamos exigir  muito dele, se não ele não passa de ano: vamos dar o básico só”. Daí você chega no 3º ano e não sabe merda alguma, porque sempre te acharam um coitado. Nunca tentaram cobrar de você algo a mais, explorar suas capacidades, impor desafios, sempre viram você com um coitado.

 

O pior é que agora que f**** tudo. Você realmente se transformou em um coitado que vai ter de ralar, explorar até os seus limites pra você passar na p**** do vestibular. E o pior é que você acorda e faz essa reflexão tarde demais, nas vésperas do vestiba.

 

Ao conversar com a maioria dos meus amigos, é sempre o mesmo papo: “nossa, tenho que me ralar (estudar bastante),  para tentar passar no vestibular de uma universidade pública” . Que droga!  Você estuda a vida toda e chega no 3º ano e você entra em colapso. São as neuras do “eu não sei nada”, o vestiba está aí e não posso perder tempo, não irei fazer cursinho... tenho que passar de primeira. Conforme mais cedo eu passar, mais cedo irei arrumar a minha vida. A neura é tanta que  você acaba ficando mal até de saúde. Eu sei disso por está acontecendo comigo. Todo dia, a idéia de entrar em uma universidade pública me deixa pirado. É uma coisa que não sai da minha cabeça. Eu comecei a ler todos os dias, estudava de manhã (só não a tarde porque eu sou estagiário) mas a noite chegava e ia direto para os livros, nem dormia direito e final de semana o lema era: “vamos ler genética”!

 

Minhas conversas com os amigos eram “você já sabe pra que vai prestar?” e não saía do assunto. Até que, certo dia, depois de tanta pressão vinda de mim mesmo, passei muito mal, devido aos altos níveis de stress psicológico.


Após muita conversa, até com professores, vi que não adianta chegar agora e se descabelar. O certo é ter paciência e estudar sim, mas também sair com os amigos, ler um livro nas horas vagas, sair com a família, com o namorado(a), curtir como sempre foi feito até o 3º ano só que com mais atenção a tudo, principalmente na sala de aula.

 

Portanto, você que está entrando agora nessa nova fase de sua vida pré-vestiba, muita calma. Você não é o único mega preocupado em  passar no vestibular, a maioria de nós estamos assim, você não está sozinho. E você que está no 1° ano, 2°ano só uma dica: vai acordando pro vestibular agora, porque deixar pra acorda no 3° é a pior coisa que você pode fazer. Se você pensa em fazer algum estágio, o melhor é fazer, no 1° ou 2° ano.  Assim, no 3º você estará livre para estudar e não vai se auto-sacrificar, estudando, estagiando e ainda tendo nas horas vagas (que são poucas) que estudar mais. Deixe as horas de um possível estágio para você estudar e se empenhar contra o fantasma do vestibular.

 

Só não esquecendo, você que pensa em pagar uma faculdade ou universidade particular, nem se estresse muito. Afinal, em algumas, você sabendo quanto é a metade de 2 mais 2 você já passa.  Porém saiba que capacidade você tem até de entrar em Harvard (se você tiver boas notas e grana, já que lá não tem vestibular! - que pena que o Brasil  é um dos poucos países a ter o vestibular, outro ponto fraco). O segredo é estudar, mas não só estudar e sim aprender, porque estudar pra tirar nota ou  passar de ano não vai te ajudar em nada na hora que chegar um dos momentos mais importantes da sua vida: passar no vestibular.

 

Gabarito: metade de 2 mais 2 é igual a 3 (2/2 +2 =3) 

Categoria: 




Conteúdo relacionado