Vida sem amor, é possível?

AMOR sentimento maior e amplo. Mas, o amor, ao qual me refiro neste texto, é o amor de casal, de seres que desejam viver para sempre com um parceiro, com amor incondicional.

Como é da natureza humana, todos nós nascemos para sermos felizes, em certa altura de nossas vidas, deverá aparecer o nosso príncipe ou princesa encantado, nossa alma gêmea, com a qual viveremos felizes para sempre.

Quando falamos em amor, não podemos taxar apenas o amor entre um homem e uma mulher, pois o amor não vê sexo, não é seletivo, aparece de repente, não sendo direito só dos heterossexuais.

Não sou espírita, mas no espiritismo há explicações para que o amor se apresente de maneiras diversas, até inesperadas. O verdadeiro amor não consiste em tentar corrigir os outros, mas alegrar-se ao ver que as coisas são melhores do que esperávamos. Além do mais, quando se alcança a evolução espiritual, o amor descansa e toma uma forma sublime, mesmo porque o amor vivo é um amor em conflito, seja ele homossexual ou heterossexual, o verdadeiro amor sempre é encontrado.

Também existe o amor à primeira vista, aquele em que você vê o outro, e desmonta, não consegue mais esquecê-lo, torna-se até uma obsessão.

O amor que é confundido com a paixão, no qual há as maiores decepções, pois a paixão tem prazo de validade, e quando toda aquela empolgação acaba, a pessoa tende a culpar a falta de amor, que nem existia.

Deveríamos saber diferenciar a paixão do amor. Não é fácil. Eu acredito que devemos analisar bem as situações, dar tempo ao tempo, ou vivenciar o relacionamento sem muitas expectativas. Mas a maioria não faz isso e se “joga” de cabeça no relacionamento, fazendo coisas mirabolantes, até mudando suas próprias vidas, achando que encontraram o par perfeito.
É onde muitos se decepcionam, por não terem paciência, por estarem carentes e não querer deixar as oportunidades passarem.

Daí vem à decepção: ficam descrentes, sem expectativas reais e começam a ter relacionamentos (ficam) sem compromissos, com várias pessoas, o que os tornam vazios e mais tristes, a um passo da promiscuidade.

Por isso, valorizo muito os relacionamentos duradouros, mais ainda entre homossexuais, que comprovadamente sei que existem. Tenho casais de amigos que se amam, se respeitam e se completam. Mas, para que isso ocorra, temos que fazer nossa parte: dialogar, respeitar e até ceder. O amor é vivo, precisa ser cuidado, diariamente, e assim ele se conservará.

Mas qualquer forma de amor (literalmente) é válida, e que seja eterno enquanto dure, já dizia o poeta.

Viver sem amor é realmente muito triste. Mas antes de amarmos aos outros temos que nos amar, pois, só assim, o verdadeiro amor virá ao nosso encontro.
Sejam felizes.




Comentários

Hum muito bom, realmente o amor é o sal da vida, quem nunca amou ou que nunca sofreu por isso que atire a primeira pedra... diferenciar amor e paixão é dificil, mas mesmo q a epolgação do começo seja duradoura ela ja vale a pena por sua intensidade, da terra não levamos nada mesmo, então se jogar é o caminho... escreva mais, nossos olhos agradece, beijo :-)

que lindo amiga.adorei.vou me amar mais pra encontrar o grande amor da minha vida.

Adorei muito mesmo esse texto e você sabe que em certos trechos ele transparece certos fatos da minha vida.... mas é assim, mesmo com as pancadas não devemos nos arrepender do que fazemos pois valeu a pena vive-las e assim vamos aprendendo com nossos erros mas nunca deixando de AMAR... "Eu quero um amor que seja bom pra mim... vou procurar eu vou até o fim" ehehe bjus!!!

merci,pelo texto, querida,foi muito bom, tal fato do amor,que significa tanto, p tantas pesoas, adorei esta pagina, bjao

Meus Parabens minha querida, vc conseguiu transmitir exatamente a realidade como ela é. Essa matéria é muito mais que um simples artigo, é uma lição de vida. Mesmo que esteje difícil de se encontrar pessoas que queiram vivenciar um verdadeiro amor, não devemos jamais desistir de tentar achá-lo. Bjos do seu querido migo Allan

Hum muito bom, realmente o amor é o sal da vida, quem nunca amou ou que nunca sofreu por isso que atire a primeira pedra... diferenciar amor e paixão é dificil, mas mesmo q a epolgação do começo seja duradoura ela ja vale a pena por sua intensidade, da terra não levamos nada mesmo, então se jogar é o caminho... escreva mais, nossos olhos agradece, beijo :-)

AMOR: palavra PEQUENA com significado GRANDE!!!"Quem inventou o amor? me explica"...esse sentimento raro nobre que é expresso de diversas formas...E que ás vezes nos faz feliz ou intristesse...mas é uma experiencia única...nunca devemos desisitir de amar...Aprendi que.. não importa em quantos pedaços meu coração pode partir o mundo não pára para que eu o conserte...faz se o remendo e ame de novo... Bju Raquel...

Raquel, mais uma vez nos presenteando com seus textos construtivos e reflexivos! Te admiro muito e desejo muito sucesso a ti. Espero também que as pessoas que leiam realmente sintam o que lhes foi mostrado. Abração!

... O Amor se captura, se domestica e se guarda em casa. Às vezes forçamos sua estada e quase sempre entregamos a ele os direitos autorais de nossa existência e quando o perdemos, sofremos ... //enfim!!! [...] Que seje eterno enquanto dure este amor... e o amor do mundo será eterno enquanto uns já estão descrentes outros mil acreditam que sim, amar vale a pena e que apesar de tudo o amor sempre vence! Logo, não é possível viver sem amor... Raquel minha flor, você é um anjo! Parabéns...

Conteúdo relacionado