Sexo e política: pesquisa traça perfil dos jovens de escolas particulares

O portal Educacional que tem colaboração do psiquiatra Jairo Bouer realizou com estudantes de escolas particulares uma pesquisa para o projeto “Este Jovem Brasileiro” para saber "Como o jovem brasileiro encara a questão da sexualidade?". Divulgada esta semana os resultados, após participação de 6308 alunos de escolas particulares, da 8ª. série e do Ensino Médio, o trabalho aponta alguns dados interessantes:

9% dos jovens brasileiros já tiveram algum tipo de desejo ou experiência gay

Quase 4% se consideram homo ou bissexual.

38% dos entrevistados usam outro método anticoncepcional além da camisinha.

82% dos jovens não se consideram preconceituosos e 50% acham que o preconceito não atrapalha o desenvolvimento do país.
 
Sobre a possibilidade de ter vizinhos gays, por exemplo, 26% dos estudantes afirmam que ficariam contrariados.
 
40% se afastariam do amigo se soubessem que ele é gay (58% entre meninos, 17% entre meninas).

40% dos jovens disseram que já foram vítimas de algum tipo de preconceito.

As meninas sentem mais atração por outras meninas do que meninos por meninos.
Esta foi a terceira edição do projeto que em breve deve comparar os resultados atuais com os obtidos nas situações anteriores e tratar um histórico da educação para a diversidade no país, além da análise do profissional. O projeto visa conhecer o jovem brasileiro e apontar ações para minimizar os comportamentos de risco.
 

Categoria: 




Comentar

Conteúdo relacionado