Amor entre gerações

Fato é fato, e todos sabem que relacionamentos entre pessoas de idades diferentes acontecem todos os dias. Homens mais velhos com moças bem mais jovens, mulheres mais velhas com rapazes bonitões e gays (ou lésbicas) mais velhos (as) com ninfetos (ou ninfetas). No entanto, a pergunta é: existe amor entre gerações ou é apenas tesão associado à conveniência?

Vamos analisar; por exemplo, um homem a cerca de 30 anos, possivelmente com nível superior e posição social estável. Nessa idade a pessoa já viveu boa parte de sua vida, entre ela uma das mais deslumbrantes, a transição da adolescência para a fase adulta. Aos 30, muitas vezes, a pessoa já tem outros planos. Espera-se que esteja buscando ou já tenha encontrado sua estabilidade e passe a se interessar por diversões menos entusiasmadoras para visão que ela tinha quando mais jovem, salvo raras exceções. Que esteja atrás da concretização de seus projetos e buscando sua realização pessoal.

Por um instante, vamos olhar àquele jovem que acaba de completar seus 18 anos. Cheio de vontade de curtir a vida sem limites, virar noites nas baladas com os amigos, viajar e tudo mais que sua imaginação permitir. Para ele, tudo é festa. Agora pode sair à noite e voltar a hora que ele quiser. Entrar em bares e baladas que antes não podia. Irá conhecer gente nova, novos lugares e descobrirá um mundo que o ensinará inúmeras coisas que lhe servirá para toda a vida. Enquanto o jovem pensa que esta é apenas uma fase de curtição, na verdade ele estará aprendendo a viver. E da melhor maneira, vivendo.

Agora junte esses dois seres. Cada um em uma fase completamente diferente da vida, com objetivos e visões diferentes, mas que buscam uma vida a dois, construir uma história. É o que basta para iniciar um relacionamento. E podem curtir muito bem a vida lado a lado. No entanto, pode chegar um momento em que um dos dois terá de ceder parte de suas condições ou convicções para que possam continuar unidos. Afinal, o mar de rosas um dia seca e cai-se na realidade. Um precisa continuar com seus planos o outro pode perceber que quer um tempo para curtir a vida. Começaria aí, o início do fim do relacionamento em muitos casos.

Por outro lado, sejamos sensatos e não vamos generalizar. Há pessoas de pouca idade extremamente maduras e sem necessidade de aventurar-se e que buscam um amor duradouro. E há também pessoas de 30, 40 anos, que não querem responsabilidades, que só buscam curtir a vida intensamente. Nesses casos, o relacionamento é baseado fortemente na condição de interesses emocionais como afeto, amor, carinho, atenção, entre outros.

Agora fica a indagação: você acredita em amor entre gerações? Opine.

Foto da exposição La Castidad, dos argentinos Roberto Jacoby e Syd Krochmalny Babur




Comentários

Acredito, na epoca tinha 18 e me apaixonei por um cara de 40. Hoje 3 anos depois ainda sinto falta dele. Isso que o vejo media 2 vezes por ano e lonje ainda!

Acredito nada... São uns pervertidos essas mariconas... querem nossa juventude e beleza e tem mais fogo no rabo que um menininho... que nada

Acredito que a condição de viver é a mais importante e que pode agregar um mundo de sensações, realizações e vivencias a cada uma das gerações que se juntam. Amar não tem idade, unir o amor não tem idade, o que existe é a verdade e a maturidade que cada um busca pra cada um. Amor verdadeiro, por mais ufanista e utópico que possa parecer ou transparecer, pode sim existir quando duas pessoas se encontram e vislumbram futuro, afinidade e uma boa dose de compreensão de ambos os lados, seja por limitações, seja por excessos, limites estes que devem ser tratados a qualquer momento para um relacionamento ser duradouro e feliz. Sim, vale o amor e o quanto ele dure, que seja eterno e pode ser.

Realmente é uma "utopia", tenho 32 anos, e meus exs eram sempre mais novos que eu, o último a diferença de 11 anos, e ele tá anquela face de balada, eu também curto prá caramba. Mas na hora de sentar e conversar, buscamos coisas diferentes...

Minha mulher quer dar pra dois caras ao mesmo tempo, gostaria de saber se alguém gostaria de participar, tem que ser jovem e fazer amor com nós dois...

na verdade eu busco esse amor sincero já tive namoricos com garotos mais novos q eu até 20 anos mais novo mas na hora H eles caem fora e me deixa a ver navios mas ainda tenho esperança de um dia encontrar o cara certo pois acredito no amor entre gerações sim

Olá,querido. Então,fico triste com minha vida,porque,eu nunca tenho um encontro de se conhecer alguém o tempo.Nossa,eu tenho 28 anos e sou surdo de verdade.Desejo na minha vida por eu precisar de um homem mais velho.Na verdade,se eu for um cara de garoto para sentir.Ainda tenho esperança de um dia de encontrar com uma pessoa especial.É o que eu gosto de ver o relacionamento de dois como um jovem e homem mais velho,porque acho é normal para que o amor não tem idade,nem importa ninguém.No momento,as duas pessoas se amam e conhecem as boas coisas por ter mais importante.Com certeza,um relacionamento é profundamente nosso coração.Seria bom,nós temos direito á vida e á esperança na sociedade com todas as pessoas do mundo com igualidade e amor,paz,felicidade,respeito ás menorias e ás diferenças normalmente. (riso!)

Acredito...e muito....Tenho 37 anos estou com uma garota de 18 anos...estamos juntos a 3 anos...a amo muito,...ela tambem..sim temos nossas.

Comentar

Conteúdo relacionado