Casal gay é abordado de maneira imprópria por PM no Parque Barigui

Na semana passada, dois rapazes gays estacionaram o carro no Parque Barigui para namorar, local de lazer famoso de Curitiba, próximo a uma rotatória em uma zona residencial, por volta das 22h da noite, quando uma moto da polícia militar estaciona ao lado e o oficial tenta ver o que se passa no interior do veículo. Um deles abaixa o vidro para falar com o policial quando escutam a seguinte frase: “Puta que pariu, não acredito, duas bichas... acabaram com a minha noite”.

O jovem policial tenta entrar em contato com a central e ameaça rebocar o carro, além de prometer fichar os dois. “Viado idiota, tem que se ferrar, por causa de 40 reais que economizaram do motel” teria dito o policial que estava com o rosto tampado por causa do frio, por um gorro sob o capacete, segundo uma das vítimas. “Bichas burras”, teria dito ainda o jovem PM que solicitou uma viatura de reforço, sem sucesso. Os rapazes negam que estavam em conduta imprópria. O policial ameaça solicitar imagens de uma câmera próxima ao local. Com medo, um dos rapazes tenta contornar a situação e o policial entende como uma proposta indecorosa.

Com resposta negativa da central, sem conseguir contato pelo rádio, o policial chuta a porta do carro e intima: “sumam daqui seus viados”. Os dois rapazes que trabalham em uma multinacional saem do local, aliviados de não terem seus nomes envolvidos em um escândalo, mas também indignados com o tratamento recebido do policial e com medo de represálias por causa da placa do carro anotada pelo homem da lei.

O abuso de autoridade fica claro neste caso, bem como a falta de preparação dos policiais militares do Paraná para atender a população gay. Se fosse um casal hétero, a situação seria bem diferente...

Em todo caso, fica o alerta para que os leitores evitem namorar no carro em locais ermos e procurem sempre denunciar fatos como esse. O local, o parque Barigui, é local já batido para problemas com a polícia, que é claramente despreparada para atender os cidadãos homossexuais.

* As pessoas envolvidas não quiseram ter seus nomes publicados, tão pouco registraram a ocorrência.




Comentários

História mal contada kkkk, namorados e trabalhando em multinacional e sem grana prá motel kkkkk,

Concordo com o Carlos.. historia mal contada, além do que quem esta num parque depois que escurece, ainda mais no Barigui, coisa boa não esta fazendo.. o policial pode ter exagerado, mas tbem la não e lugar de estar "namorando" dentro do carro... que fossem namora em casa ou no motel... ou acha que ninguem ve dentro do carro, pq não foi na frente da casa de um dos dois? francamente... eu, como gay, que quero respeito, me dou o mesmo respeito.. e alem disso respeito é bom e todos gostam... tststs

Assim como heteros quase trepam em plena calçada a luz do dia, os gays também têm o direito de dar uma volta no parque a hora que quiserem e o policial perdeu completamente a razão quando desrespeitou a dignidade dos dois, se era um atentado ao pudor (desde quando trocar beijos e caricias e atentando ao pudor??) então que ele se apresentasse como policial e respeitosamente indicasse o delito caso realmente houvesse um... Se permites que um ser humano tenha sua dignidade roubada por uma autoridade nada poderas fazer se vierem tirar sua dignidade tb...

Como assim historia mal contada? Experimenta beijar na boca dentro do carro! Isso é atentado ao pudor??? Me admira como tem gay preconceituoso e que dá razão a um policial irresponsavel. Quero ficar com quem eu quiser dentro do meu carro (namorar nao é igual a sexo, ok?!!) e nao ser agredido por quem deveria me proteger. No minimo o Policial devia fazer o papel social que lhe cabe, que seria alertar os dois que ali corriam risco de assalto ou violencia! Quanto ao motel, acho engraçado se pensar em ter que entrar num motel para trocar beijos...me poupem! bjos

Historia mal contada mesmo.. e o senhor Beto não deve ter lido direito, se fosse apenas um beijo num lugar movimentado, não é a toa que gay é abusado, vão se esconde no mato pra NAMORAR ( vamos dexar de ser hipocritas, sabemos o que significa isso no nosso meio), concordo com o Thiago, se isso foce certo e não uma falta de descencia, que fosse no portão da casa deles, nós gays nunca vamos ser visto com outros olhos enquanto vivermos fazendo tanta promiscuidade, ainda como falaram ai embaixo, hetero quase faz sexo no meio da rua, não seria hora de abrirmos os olhos e dexar de mostra a pior parte ? querendo igualdade baseado no pior dos heteros, estaremos nos igualando , e não seriamos melhores? e nem Hetero que fica se amassando na rua é bem visto.. a não ser claro na periferia ou em lugares mais Humildes, pois em Shopings mesmo ( digo shopings bons, não os "populares")..

O Parque Barigui é um local onde os gays abusam muito, sou gay e moro proximo ao parque, e acho um absurdo o nivel das putarias q os gays fazem, seja no carro ou ate mesmo nas trilhas onde pessoas passam com familias por ali... o policial agiu corretamente no meu ponto de vista, pois os amedrontou e esses não voltam mais, com certeza... tem locais apropriados para esses tipo de coisa...

Sou de curitiba Muita gente abusa, hetero e homossexual, LIBERDADE NÃO É LIBERTINAGEM. Mas também tem muita gente que não tem respeito ao próximo, seja na iniciativa privada como na pública.....

Mal contata mesmo, tem o motel My GARDEN ali perto e bartinho, vou sempre com meu namorado la. Mas mesmo assim se fosse verdadeira a história eles podem ficar no carro dando um amasso, isso e normal para os heteros. Me admira esse bando de viados que curtem isso, ficar ai criticando em prol da moralidade. Me poupe gente quem fez esses comentarios apoiando a PM, na verdade se encondem numa casca, se solta e seja sincero, quem n curte uma pegação e nunca fez isso no carro. Quem não fez, faça que vai gostar. heheheh

poxa, como tem gente reacionária dentro do próprio meio gay. assustador! acreditar que o policial agiu correto, agredindo verbalmente o casal, por mais avançados que estivesse os movimentos deles dentro do carro é, me desculpem a expressão, pura estupidez. um ato equivocado não justifica outro. ainda mais advindo de alguém que se diz representante da lei. revejam suas posturas por favor. isso ainda demonstra o quanto o brasil, e principalmente algumas cidades e regiões, ainda estão despreparadas para lidar com a diferença. certamente o tratamento seria outro se o casal fosse hétero.

ACHO ERRADO OK OS RAPAZES FIZERAM LA NAO E LUGAR DE NAMORAR DENTRO DO CARRO CERTO O POLICIAL TEM GAY QUE PENSA SER GAY E TER LIBERDADE PARA TUDO SEMPRE VEJO MUITO GAYS NO BARIGUI QUE SE SENTEM DONOS MOSTRAM PINTO FICAM DENTRO DO CARRO MOSTRANDO ISSO E POCA VEGONHA // NO MINIMO ERA UM CARA QUE ELE PEGOU NA RUA PARA ESTAR DENTRO DO CARRO AINDA POBRE APOIO O POLICIAL FEZ CERTO

Comentar

Conteúdo relacionado