Cliente é agredido em balada alternativa de Porto Alegre e registra queixa

O leitor Marcelo (nome fictício) 23, teve uma experiência desagradável neste fim de semana com amigos na casa Cord, em Porto Alegre, de onde foi expulso após ser agredido por um segurança. A casa é tradicional por abrir para o público alternativo e ser considerada gay friendly (amistosa com gays). Os "alternativos" ficam mais na pista eletrônica, enquanto "héteros" ficam do outro lado, em uma balada com pagode. Normalmente as baladas são independentes e o público não se mistura, mas nesta noite a casa inteira estava aberta para uma festa alternativa, famosa entre o público gay, e não havia o pagode do outro lado.

Quando estava conversando e bebendo com um amigo no banheiro do lado “hétero” da casa, um segurança os avisou que eles não poderiam ficar ali, mandando eles “vazarem” de lá. Depois de darem um tempo e retornarem ao local, o segurança insistiu que os dois não poderiam ficar na região das pias juntos. Ao questionarem o modo que estavam sendo tratados, e exigir um tratamento cordial já que não estavam fazendo nada demais no local e eram apenas amigos, o fotógrafo foi empurrado e arrastado com uma chave de braço até a saída onde foi “jogado” na rua. “Me enforcou uma hora que não consegui nem falar e eu tentando sair”, relatou a vítima.

A gerência da casa e o responsável pela segurança agiram na mesma hora e cobraram explicações do agressor. No mesmo instante, o responsável pela segurança afastou o segurança que agrediu o cliente e pediram para a vítima retornar para a festa mas ele preferiu ir registrar queixa na 10ª. Delegacia de Polícia. Nesta segunda-feira, o dono da Cord – que afirmou ter um longo histórico com o público GLS - entrou em contato com ele e se comprometeu a demitir o segurança, pediu desculpas e se disse ultrajado com o que ele passou.

Bragaglia não irá processar o estabelecimento se diz satisfeito com o rumo do seu caso. Como forma de incentivar as pessoas a exigirem seus direitos resolveu dar esse depoimento. A festa é amigos seus, mesmo assim, ele entendeu a importância de registrar a ocorrência e de compartilhar a experiência, para mostrar que nem sempre tudo acaba em pizza.




Comentários

Comentar

Conteúdo relacionado