19 de agosto é o dia do orgulho lésbico no Brasil, saiba o porquê

Foi nesta data, há 27 anos, que ocorreu a primeira manifestação lésbica no Brasil. Em 19 de agosto de 1983, um grupo de mulheres homossexuais se reuniram em frente a um bar na cidade de São Paulo, para protestar contra a discriminação sexual ocorrida no local.

O bar Ferro´s era freqüentado majoritariamente por lésbicas da cidade e impedia que o Grupo Ação Lésbica Feminista (GALF, atuante de 1981-1990) vendesse seu boletim de notícias no estabelecimento, enquanto outros materiais eram vendidos no local. Os proprietários do local chegaram a chamar a força policial para retirar as ativistas do tal bar.

Indignadas com o tratamento e com a discriminação irracional, uma vez que o bar era ponto de encontro de mulheres homossexuais, as ativistas reuniram-se com grupos homossexuais, feministas, parlamentares e membros da OAB para fazer uma manifestação em frente ao bar.

Ao final do protesto, o GALF conquistou seu direito de vender seu material sem restrição. No entanto, a luta pelo direito é lembrada a cada ano por ativistas LGBT por ter sido um dos grandes passos da comunidade homossexual no país.

Com cobertura da imprensa nacional, a manifestação ganhou repercussão em todo o Brasil e marcou para sempre o dia no calendário de conquistas LGBT.

Categoria: 




Comentar

Conteúdo relacionado