Parada Gay é o evento que atrai mais turistas mais ainda perde em renda para a F1

A Parada do Orgulho LGBT (lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais) é o evento que mais atrai turistas para a cidade de São Paulo, segundo o diretor de ações estratégicas da SPTuris, autarquia responsável pelo turismo e por eventos na capital paulistana, Luiz Sales.  “O evento que atrai o maior número de pessoas é a Parada LGBT, mas é um evento curto: o maior fluxo de pessoas vêm no sábado e no domingo e isso faz com que o impacto econômico não seja o maior”, explica o executivo.

O Carnaval é o evento da cidade em que os turistas permanecem mais tempo e a Fórmula 1 é o que possui a maior renda per capita. Já a Parada do Orgulho GLBT, atrai mais gente, em 2010, estima-se que mais de 400 mil visitantes participaram do evento e gastaram aproximadamente R$ 180 milhões.

A maior parte dos turistas veio do interior e do litoral de São Paulo, do Distrito Federal, de Minas Gerais e do Rio de Janeiro. Entre os estrangeiros, grande parte veio dos Estados Unidos, do Uruguai, da Inglaterra e da França.

“Em um feriado prolongado como este, se não tivesse a parada estaríamos fechando com ao redor de 20% de ocupação, que é uma taxa muito pequena. Com o evento, os hotéis da Avenida Paulista e da região chegam próximo de 80% de ocupação, fazendo com que a cidade feche em torno de 50%”, afirma o presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Estado de São Paulo (ABIH-SP), Bruno Omori.

Categoria: 




Comentar

Conteúdo relacionado