Mais um dia de protestos em Brasília contra Marco Feliciano

Os protestos contra a permanência de Marco Feliciano (PSC-SP) no comando na Comissão dos Direitos Humanos  e Minorias da Câmara estão a todo vapor. Nesta quinta feira, dia de reunião da Comissão, manifestantes promoveram em Brasília um beijaço gay, além de simularem dois casamentos homoafetivos em frente ao Congresso Nacional. 

Quatro manifestantes foram detidos pela Polícia Legislativa após fixarem na janela do 15º andar do prédio da Câmara uma bandeira com o símbolo do arco-íris. Eles foram conduzidos para prestar maiores esclarecimentos. Feliciano também encontrou protestos pelos corredores da Câmara. O deputado deixou ativistas contrários a ele do lado de fora da comissão, mas um grupo de 60 pessoas foi autorizado a permanecer com cartazes em sua defesa.
 
 

Categoria: 

Tags: 




Comentar

Conteúdo relacionado