Pesquisa revela que maioria dos gays catarinenses, paulistas e gaúchos se consideram ativos

Essa notícia é para aqueles os passivos que acreditam no Paraíso. Não entendeu? Sim, o paraíso existe, pelo menos para o time dos passivos. Estamos falando do estado de Santa Catarina, e olha que não é por sua beleza natural, já conhecida em todo o mundo. Mas calma, a pesquisa é de 2009.

O estudo mostrou que a maioria dos gays do estado de Santa Catarina, Rio Grande do Sul e São Paulo se identificaram como ativos. A curiosa pesquisa foi realizada pelo site ManHunt e se direcionava em saber onde estaria concentrado o maior número de gays ativos do país.  As informações foram detectadas a partir de informações de membros do próprio site.
 
O interessante, ainda para os passivos, desta pesquisa é que a maioria dos homens gays brasileiros se declararam ativos sexualmente. A pesquisa revela  também que dos 26 estados mais o Distrito Federal, apenas nove estados têm gays em maioria passivos: entre eles Paraná, Rio de Janeiro e Espírito Santo. Surpresa? Os versáteis não foram listados.
 
Outros países não foram deixados de fora e concluiu-se que os países onde se encontram o maior números de homens gays ativos são Cuba, Venezuela e Costa Rica.  Já a maioria dos homens gays passivos estão em Taiwan, Malásia e Dinamarca.O Brasil em 17º lugar entre os países com mais ativos: 56% brasileiros cadastrados no site se consideravam ativos. 

 
Top 10 dos países com mais ativos pelo cadastro do Manhunt (2009):
 
1. Costa Rica – 62.37%
2. Venezuela – 61.73%
3. Cuba – 61.48%
4. Panamá – 60.93%
5. Republica Dominicana – 60.88%
6. Colômbia – 59.54%
7. Portugal – 58.39%
8. Itália – 58.18%
9. Espanha – 57.92%
10. Egito – 57.71%
 

Categoria: 

Tags: 




Comentar

Conteúdo relacionado