Hello! Hello! Operação pente fino nas baladas de São Paulo

Por Vagner Rossoni

Hello! Hello! Queridos amigos! É tão bom poder voltar ao lar, depois de tanto tempo estando “congelado” (mas não de ideias), sinto a necessidade de estar mais próximo a vocês. Desde 2010 quando mantinha meus textos no site, muita coisa mudou.  Eu amadureci, mudei de Porto Alegre para São Paulo, voltei a estudar, agora Publicidade e Propaganda, xiii, é tanta coisa que daria mais um texto facilmente, fato é que agora estou muito mais criterioso, mais exigente e menos paciente com certas situações, diga-se de passagem.
 
Desde que cheguei a São Paulo, e lá se vão 4 meses, tenho saído e analisado alguns bares e boates voltados ao público gay, é claro. Minha análise vai desde a portaria do local, passando pelo atendimento e receptividade dos funcionários. 
 
Como forma geral a equipe de segurança de praticamente todas as casas está pra lá de mal treinada, na verdade parecem ogros selvagens vindo de alguma história infantil far, far away...(tão, tão distante*). De regra, a parte do bar de todas as casas que fui, está sempre lotada, o que me leva a constatação de que o número de jovens embriagados está cada vez maior. 
 
E é fácil constatar isso, em 80% das casas que visitei, vi jovens (muitos deles menores  de idade, inclusive) com copos cheios de uma mistura hit nas baladas de São Paulo, vodka com energético, outros apenas com caipirinha, como sei que são menores? Fácil, procurei me misturar aos grupos e muitos me confessaram que utilizam de identidades falsas para poder entrar. A vistoria pelo que constatei é rápida,em muitas casas confesso que minuciosa, outras porém, mal olham na sua cara. 
 
Enfim, o que constatei é que de forma geral ainda há muito que ser mudado em relação ao entretenimento LGBT, não só em São Paulo, mas em diversos locais de nosso país. Pois bem meus queridos, a partir de agora serei implacável nos comentários, farei uma operação pente-fino nas casas de São Paulo e trarei para vocês minha humilde opinião como frequentador, colunista e formador de opinião. Na próxima coluna já a primeira casa a ser rastreada. 
 
Portanto, atenção bares e boates de São Paulo, estarei de olho!!!  Beijos e mais beijos com gostinho de saudade...
 
 



Comentar

Conteúdo relacionado