Lésbica morta

Mistério no assassinato da jovem Stefani Franciele dos Reis Farias de 19 anos em Rio Grande, região metropolitana de Porto Alegre. Na noite da última segunda feira, ela e uma amiga foram alvo de tiros vindos de uma moto ocupada por dois desconhecidos, quando estavam em frente a um bar. 

Segundo a imprensa local, a jovem, que usava roupas masculinas, foi confundida com um membro de uma gangue por outra. A amiga que sobreveviveu afirmou que desconhecia os homens, e que não houve ameaça ou incidenet anterior, o que fez a polícia descartar homofobia como motivação para o crime já que o local anda passando por uma guerra entre gangues, com execuções, a polícia acredita mesmo que a lésbica foi confundida.



Tags: 




Comentar

Conteúdo relacionado