Chegou a hora de NAMORAR, mas como identificar a PESSOA CERTA?

Está é a pergunta de todos, ainda mais em um mundo complicado em que vivemos sendo hétero ou homoafetivo, cada dia buscamos ter alguém para amar chamar de “meu”,  poder cuidar,  construir uma vida juntos. O sonho de muitos é como  o de contos de fadas, que sempre finda em: “viveram felizes para sempre”. Mas no caminho tem uma bruxa para destruir tudo, não é verdade? A grande dúvida do momento seria: É possível ser Gay casar e  manter um único parceiro? Já consigo ouvir a moçada gritando: É DIFÍCIL! 
 
O mundo gay não quer compromisso só quer sexo e muitos só querem paixão de momento, hoje não se respeita mais nem o namorado do amigo, quem dirá constituir uma família e ser feliz para sempre! Já ouvi termos como; “o mundo gay é como um açougue só olhar na vitrine a carne mais saborosa e “pegar”. É difícil afirmar, mas creio que muitos gays não se aceitam no amor. Vejo que estas respostas são usadas por quase “todos”, quando a pergunta se refere ao AMOR no meio LGBT.
 
Poderia aqui usar várias formas de explicar como ser a pessoa “ideal” para um futuro casamento, testemunhar minhas próprias experiências, ou contar por horas as histórias de alguns amigos, ou até mesmo sugerir livros de psicologia que abordem o tema. Mas vou além, vou buscar há mais de dois mil anos uma forma infalível e esquecida por muitos:
 
 Vamos analisar na Bíblia o texto de Romanos 12 do Novo Testamento.

 
"... 2 Não vivam como vivem as pessoas deste mundo, mas deixem que Deus os transforme por meio de uma completa mudança da mente de vocês. Assim vocês conhecerão a vontade de Deus, isto é, aquilo que é bom, perfeito e agradável a ele..."
 
Neste primeiro capítulo que vamos analisar o Senhor Deus já deixa claro, que devemos ser transformados em nossa mente e que não devemos viver como as pessoas deste mundo. 
E como está este mundo gay atualmente?
 
Começo relatando testemunhos que ouço na igreja. Muitos jovens chegam à igreja decepcionados, com o “mundo gay”, falam de várias traições que sofreram, amigos interesseiros que só estão perto quando querem algo em troca ou puro status. Abuso de drogas e bebidas em baladas e acabam ficando com alguém sem ao menos conhecer a pessoa em estado “consciente”. Sexo sem compromisso ou quando ficam com alguém existe um nível alto de carência que leva a sugestões de namoro e casamento na mesma noite.
 
Vemos que é nisto que a bíblia se refere quando diz: “Não vivam como vivem as pessoas deste mundo.” Se você quer ser feliz nesta área vai ter que começar a mudar o sua postura, sua estratégia de encarar universo GAY e passar a não agir como “todos” a sua volta, isto é: mudança comportamento e maturidade! 

 
"... 3  Por causa da bondade de Deus para comigo, me chamando para ser apóstolo, eu digo a todos vocês que não se achem melhores do que realmente são. Pelo contrário, pensem com humildade a respeito de vocês mesmos, e cada um julgue a si mesmo conforme a fé que Deus lhe deu..."
 
“Percebemos neste versículo que o apostolo Paulo nos adverte: “.. “Eu digo a todos vocês que não se achem melhores do que realmente são...” Talvez este seja o nosso maior erro querer ser o que não somos e com isso optamos em manter uma “falsa” identidade para ser aceito no grupinho que todos julgam “TOP” do momento. Até os mais descolados e bonitos se sujeitando a serem humilhados e até perder a própria vontade para se enquadrar, desejando ser desejados e bem visto por todos de alguma forma. 
 
Não digo que estão errados, mas o apóstolo adverte que devemos pensar “pensem com humildade a respeito de vocês mesmos”. É hora de parar e começar a refletir se realmente compensa perder nossa verdadeira identidade, para se igualar a pessoas que só irão nos usar e nos machucar e não irão valorizar nossa verdadeira virtude.

 
"... 6 Portanto, usemos os nossos diferentes dons de acordo com a graça que Deus nos deu. Se o dom que recebemos é o de anunciar a mensagem de Deus, façamos isso de acordo com a fé que temos. 7 Se é o dom de servir, então devemos servir; se é o de ensinar, então ensinemos; 
 
8 se é o dom de animar os outros, então animemos. Quem reparte com os outros o que tem, que faça isso com generosidade. Quem tem autoridade, que use a sua autoridade com todo o cuidado. Quem ajuda os outros, que ajude com alegria.
 
9 Que o amor de vocês não seja fingido. Odeiem o mal e sigam o que é bom..."
 
Não precisamos ficar buscando a aceitação, onde muitas vezes você deixa de ser você mesmo. Este contexto mostra que possuímos dons diferentes e devemos usá-los em sua essência, na mais pura verdade e humildade sem querer se expor. Somos feitos à imagem e semelhança de Deus que é perfeito, então por que tentar se anular para precisar ser aceito por alguém? 
 
O resultado sempre será a auto anulação e baixa autoestima. Mostra que estamos vulneráveis a um mundo de mentiras, enganos e nos tornamos o oposto do que realmente somos. Pois acabamos fingindo amor, fingindo ser amigo, e até de gostar de alguém, tudo com o propósito de ser um ser “modelo" para um grupo ou impressionar alguém fruto de nossas cobiças mais ocultas. 
 
Vamos deixar de tentar ser o que não somos e viver nossa verdadeira face, celebrar diariamente nosso próprio "EU". Nascemos para ser adoradores, e não sofredores, está na hora de deixar de fingir para ser e viver a verdade de ser você mesmo, sem máscaras sem falsidades. Renuncie e abandone, ajuste tudo o que for de ruim, para voltar ao que sempre foi bom para você.
 
 
"... 10 Amem uns aos outros com o amor de irmãos em Cristo e se esforcem para tratar uns aos outros com respeito.."
 
Vamos parar de olhar para as pessoas que não são o "modelo" ideal, começar a tirar as vendas dos nossos olhos e vê-las de verdade, afinal, cada ser tem um dom e um jeito único, cada um tem sua identidade. Podemos estar no meio e não ser igual ao meio, posso ser o que sou de verdade sem  ser influenciado e amar alguém de verdade sem  usar  a velha desculpa :“fiz com você o que você fez a fulano no passado” ou “foi o que fizeram comigo”. 
 
Chegou a hora de romper com o ciclo vicioso, de passar adiante o que fizeram a você de negativo, projete para o futuro o que você deseja passar, como quer ser tratado e mesmo que não correspondido, você um dia será exemplo para todos, poderá mostrar que acreditar na mudança é um passo enorme para o sucesso e o equilíbrio espiritual no campo amoroso.

 
"... 14 Peçam que Deus abençoe os que perseguem vocês. Sim, peçam que ele abençoe e não que amaldiçoe.
 
 15 Alegrem-se com os que se alegram e chorem com os que choram. 
 
16 Tenham por todos os mesmo cuidados. Não sejam orgulhosos, mas aceitem serviços humildes. Que nenhum de vocês fique pensando que é sábio!
 
17 Não paguem a ninguém o mal com o mal ..."
 
Este versículo é mais claro que água, não pense ser quem você não é, não aceite ser mais mentira, resgate a verdade que há em você! 
 
Não devolva "o mal com o mal" deseje o bem ou se permita cala-se. O melhor caminho nestes casos é a oração. Estranho? Jamais! Ore muito por quem te fizer mal, para que encontre o caminho de Jesus, para que seja direcionado a uma nova vida, de amor e compreensão.
"...20 Mas façam como dizem as Escrituras: “Se o seu inimigo estiver com fome, dê comida a ele; se estiver com sede, dê água. Porque assim você o fará queimar de remorso e vergonha.”

 
21 Não deixem que o mal vença vocês, mas vençam o mal com o bem..."
 
Que forte isso! Será que Deus pede demais?  “Se o seu inimigo estiver com fome, dê comida a ele; se estiver com sede, dê água. Já imaginou você ter que servir com amor um inimigo seu? Ainda mais no mundo gay, onde o desejo de pisar é o mais forte, e o "egocentrismo" prevalece!
 
Lembra que aprendemos a não ser “igual" a todos, a humildade é um excelente exercício, ou seja, devolver o negativo com o positivo. Isto rompera um ciclo de negatividade em sua vida para um clico de positividade onde a negatividade ficara com a pessoa que te enviou como Deus diz: Porque assim você o fará queimar de remorso e vergonha. Finalize um ciclo e inicie outro.
 
Seja você a pessoa de mudança, comece sendo a pessoa que desejaria para casar, para namorar, para viver para sempre, porque é fácil apontar o dedo para o próximo e julgar.  
 
Não há segredos para ser a pessoa ideal, mas o que a Bíblia nos mostra que fomos feitos a imagem e semelhança de Deus e por isto somos então perfeitos, esquecemo-nos disto muitas vezes. E acabamos se influenciando pelo meio que frequentamos. Estamos no meio, mas não somos o meio, “SEREI A DIFERENÇA", é isto que temos que ter em nossa mente, até porque não existe nenhuma graça em ser igual.
 
Tem um ditado que diz: semelhante atrai semelhante... E o que você tem atraído??? 
 
Se quiser saber mais sobre o que DEUS ensina em relação à vida sentimental, participe do nosso Culto do Amor, quem sabe você não sai de lá namorando e vai viver feliz para sempre. 
 
Nunca se sabe o que Deus reserva para você na próxima curva. Venha e descubra!
 
 
Pastor Cristoffer Zilotti é fundador da Comunidade Abraça-me Curitiba. Envie suas perguntas para nosso colunista no email cristoffer_4@hotmail.com
 

 

Tags: 




Comentar

Conteúdo relacionado