Pai tenta estupro corretivo em filha bissexual de 14 anos

Um dos crimes mais horrorosos da humanidade é o estupro. Mais ainda quando cometido pelo próprio pai. Mais absurdo ainda quando um pai comete essa atrocidade depois de descobrir que a filha tem um relacionamento lésbico e quer fazê-la “virar mulher”, a gostar de homem. Lesbofobia, machismo, violência sexual. Tudo isso enfrentou uma menina de 14 anos de Araguaína, noTocantins.
 
O crime teria ocorrido no último dia 6 e foi investigado depois de uma ligação anônima. Um professor da menina, depois de procurado pela garota e a namorada dela, relatou o fato para o site G1. Segundo disse a jovem ao educador, o pai a buscou mais cedo na escola e na volta para casa tentou estupra-la em um matagal mas ela conseguiu fugir. O conselho tutelar levou a menor para um abrigo e o caso segue em investigação, em segredo de Justiça.  Ainda segundo matéria do G1, a menina seria vítima de abusos frequentes do pai, que demonstrava ciúmes dela inclusive com meninos, mas a situação teria se agravado quando o pai soube que ela estava namorando uma garota.

O estupro corretivo de lébicas é um crime absurdamente cruel. Infelizmente, em lugares onde a ignorância prevalece, é comum o pensamento de que mulheres lésbicas sentirão prazer se encontrarem o homem certo, mesmo que a força.
 

Categoria: 

Tags: 




Comentar

Conteúdo relacionado