Rapazes são flagrados em banheiro público e filmados por seguranças

Dois homens que faziam sexo em um banheiro da Fundação Espaço Cultural – Funesc, de João Pessoa, na Paraíba, foram expostos por um vídeo feito por seguranças do local, depois de flagrados. Segundo os seguranças, um pai alertou a eles do uso indevido do espaço e no vídeo os seguranças afirmam várias vezes que não são homofóbicos e que estão apenas fazendo o trabalho deles.
 
A pergunta é se gravariam e colocariam na internet um vídeo se fosse um casal heterossexual. Provavelmente não.
 
O ex-presidente da Comissão de Diversidade Sexual da OAB-PB, José Neto, comentou para a imprensa local a abordagem “Eles agiram de maneira correta ao impedir que se use o banheiro de um órgão público para um ato sexual. Mas, a filmagem dos rapazes foi uma violação da privacidade e uso desautorizado da imagem, com a finalidade clara de execração pública. Os dois rapazes tiveram uma conduta socialmente inapropriada, mas o que fizeram não foi crime, não é atentado ao pudor. Ao serem expostos nas redes sociais, eles ficam vulneráveis a um constrangimento muito grande”, afirmou o advogado.
 
O vídeo polêmico viralizou nas redes sociais sem tarja, dando para identificar os rapazes. Sob ameaças de chamar a polícia por “atentado ao pudor”, os seguranças ouvem os pedidos de desculpas dos homens.

Veja o vídeo que viralizou na cidade:

 
 

Categoria: 

Tags: 




Comentários

Por que o segurança nao

Por que o segurança nao filmou os casais heterossexuais que aparecem diariamente? Se, digo se, conforme informam que "nao tem nada contra", por que filmar, qual a razão? E por que tampar o rosto das vítimas? Se estao em local público. Sinceramente, essa hipocrisia dos pseudo profissionais, que colocam o preconceito acima do trabalho.

Comentar

Conteúdo relacionado