Alerta: Estrangeiros gays são vítimas de chantagem em Dubai após contatos em aplicativos

A rica cidade de Dubai, uma das mas luxuosas do mundo, está ficando perigosa para os turistas gays. O motivo são os possíveis esquemas de encontro entre homens para sexo que terminam em roubo e chantagem, uma vez que a homossexualidade é crime penalizado com morte no país, podendo acarretar até 10 anos de cadeia. Um empresário de 43 anos denunciou o caso ao site PinkNews, que descobriu que outras pessoas estão passando pelo mesmo golpe.
 
Por motivos de segurança, o empresário preferiu não se identificar, mas ele relata que estava em viagem à trabalho para Dubai quando passou a conversar com um homem que afirmou ter 29 anos, ser da Gambia e não ser garoto de programa, pelo aplicativo Grindr. Os dois marcaram um encontro no hall de entrada do hotel em que o empresário estava hospedado e, segundo ele, o início do encontro foi descontraído e divertido, mas terminou como um pesadelo.
 
Quando os dois já estavam em seu quarto do hotel, sem roupa e fazendo sexo. Ele percebeu que o homem estava filmando o ato e, ao tentar tomar o celular para apagar o vídeo, o homem de 29 anos teria ficado agressivo e começou a pedir por dinheiro para pagar o programa. 
 
“Eu comecei a me vestir e pedi para ele ir embora. Então ele começou a pedir dinheiro. Eu fiquei chocado, uma vez que havia sido bem claro na conversa que não tinha interesse em garotos de programa e não pagaria por sexo”, relata o empresário.
 
Imponente, sem ter como procurar ajuda na polícia, o homem de 43 anos viu o agressor roubar o dinheiro que tinha na sua carteira e ir embora depois. Ao conversar com amigos que também viajam para Dubai à trabalho, descobriu que o golpe é comum. Eles desconfiam que essa é uma tática para identificar homossexuais estrangeiros e chantageá-los antes de denunciar para a polícia. 
 
Um representante da Foreign and Commonwealth Office, departamento de atendimento aos Turistas, declarou que qualquer pessoa pode procurar a ajuda da entidade em Dubai e que eles buscarão resolver os problemas sem qualquer preconceito ou julgamento do caso. 

Alerta: Esta modalidade de golpe é comum em países onde a homossexualidade é crime e até em países como o Brasil, em que pessoas se passam por interessadas em sexo e depois querem cobrar ou roubar o parceiro que buscou sexo casual, as vítimas são especialmente turistas ou pessoas não assumidas.

 

Categoria: 

Tags: 




Comentários

"Quando a oferta é boa, o

"Quando a oferta é boa, o Santo desconfia". Até nisso a gente tem que ficar de olho, uma vez um cara queria me cobrar por um sexo casual, eu olhei bem nos olhos dele e disse, "vc não me falou que era garoto de programa!" eu peguei e sai correndo kkkk

Comentar

Conteúdo relacionado