Empresa de manutenção “Mari Donas” presta serviços ao público feminino e LGBT

Você já sentiu medo de ser quem é ao contratar um “marido de aluguel” para fazer reparos na sua casa? Pois saiba que é bastante comum ter receio quando se é mulher ou LGBT. Foi por viver experiências desagradáveis com prestadores de serviço que Maria Augusta Brandt e Melany Sue criaram a “Mari Donas”, em Curitiba, uma empresa de manutenção que faz reparos com atendimento humanizado e voltado para o público LGBT e feminino. 
 
Maria se formou, originalmente, em jornalismo e Melany em design. Mas, ao perceberem a carência do mercado em prestadores de serviço que transmitissem segurança e oferecessem serviços personalizados, passaram a se profissionalizar em revestimento cerâmico, hidráulica, elétrica, pintura residencial e instalações. Brincando com o termo “marido de aluguel, as “Mari Donas”, que, se lido tudo junto, fica maridonas, atendem em toda Curitiba e região metropolitana. “

A motivação para abrirmos o negócio veio das nossas próprias experiências - muitas vezes ruins. A partir daí, identificamos uma carência no mercado: prestadores de serviços com conhecimento técnico e que ofereçam um atendimento com empatia. Além disso, somos mulheres e sabemos que o sentimento de insegurança é recorrente nessas situações. Por isso, nosso intuito é oferecer uma alternativa para diversas pessoas. Queremos mostrar que todos merecem ser tratados com dignidade e educação”, explica Maria Augusta.
 
Quer saber mais sobre a empresa? Acesse www.fb.com/MariDonasRepara ou www.maridonas.com.br.

 

Categoria: 

Tags: 




Comentar

Conteúdo relacionado