O amor está no ar: Prefeito gay se casa com companheiro no interior de São Paulo

O amor está no ar na cidade de Lins, em São Paulo! O Prefeito reeleito da cidade, Edgar de Souza (PSDB), 38, casou-se com o seu parceiro, o empresário Alexsandro Luciano Trindade, 35. O evento, que selou uma união de 13 anos do casal, aconteceu em um salão de festas da cidade do interior paulista no último dia 04 de março. Apesar de não contar com mais de 300 convidados, a celebração repercutiu no Brasil todo.
 
Edgar e Alexsandro se conheceram quando Edgar tinha 17 anos e fazia um estágio na prefeitura da cidade como office boy. Ele conta que conheceu Alex quando foi obrigado a sair por conta da idade e este ocupou o seu cargo. De início, não se deram bem, mas logo a relação foi melhorando e os dois se apaixonaram. 
 
A cerimônia de casamento não pretendia ser espalhafatosa, mas virou notícia pela importância da representação na luta. O Governador do estado, Geraldo Alckmin (PSDB), parabenizou o casal na véspera, já que estava de passagem na cidade. O partido do Prefeito também apoiou e celebrou a união como um marco histórico no país. 
 
A cerimônia contou com oficiais de várias religiões, uma ministra católica, um pastor anglicano, uma espírita kardecista e um pai de santo, representando as principais crenças brasileiras. Católico de criação, Edgar conta que sonhou em se casar numa igreja, mas que se viu impedido por conta de um pecado que não é dele. Sobre tornar público a sua orientação sexual, o prefeito decretou: “Eu me propus a ter uma vida aberta para que as pessoas pudessem ver que os homossexuais não são diferentes dos heterossexuais".  O prefeito ainda declarou: "Corrupção é feio, mas o amor é muito bonito".
 
 

Categoria: 

Tags: 




Comentários

O casamento do prefeito Edgar

O casamento do prefeito Edgar serve como exemplo de coragem à toda classe política de assumir suas posições e condição pessoal. O PSDB, como o governador Geraldo Alckmin sempre respeitou e apoiou a luta pela garantia dos direitos da comunidade GLBT e de todos aqueles que sofrem com preconceitos.

Comentar

Conteúdo relacionado