Sete estados dos Estados Unidos possuem leis anti homossexuais

Nos Estados Unidos, cada um dos 50 estados tem autonomia para desenvolver legislações próprias que respeitem o código nacional. É por isso que é bastante comum se deparar com uma divisão bem mais explícita entre os conservadores e liberais, onde as leis refletem o posicionamento político do Estado. Cerca de sete estados ainda têm leis discriminatórias a LGBTs, por exemplo. São eles: Arizona, Oklahoma, Texas, Louisiana, Mississippi, Alabama e Carolina do Sul.
 
O estado do  Utah seria o oitavo estado a entrar nesta lista, mas os legisladores têm trabalhado para banir essas leis e, agora, depende apenas da aprovação do governador, Gary Herbert. As principais restrições nos sete estados dizem respeito à educação. As leis proíbem formas de “propaganda” que pontuam a homossexualidade como um estilo de vida viável. No Arizona, por exemplo, a lei diz: “Nenhum distrito deve incluir na sua programação de ensino instruções que 01) promova o estilo de vida homossexual 02) Coloque a homossexualidade como uma alternativa positiva 03) Sugerir que alguns métodos de prática sexual são meios seguros de sexo homossexual”. 
 
Em outros estados, o tema principal envolve inclusive a proibição da abordagem de saúde sexual e doenças como HIV, e dá margem para outras interpretações discriminatórias. O instituto GLSEN é focado em lutar e promover políticas públicas de inclusão da população LGBT nas escolas, através da educação. Segundo o grupo, escolas em estados com essas leis têm os maiores índices de opressão por parte de profissionais e de crianças sofrendo lgbtfobia e não se sentindo seguras para relatar aos professores e direção.
 

Categoria: 

Tags: 




Comentar

Conteúdo relacionado