Ator global tenta justificar homofobia no futebol e só piora

No programa Encontro com a Fátima de terça-feira, 24, transmitido pela Rede Globo, o ator Duda Nagle fez um comentário sobre a homofobia no futebol que deixou todo mundo com cara de paisagem. O tema entrou em pauta por conta dos gritos homofóbicos da torcida presente na partida entre Corinthians e São Paulo pelo Campeonato Paulista de Futebol. O ator tentou justificar o uso da palavra “veado” e deixou até a própria namorada constrangida.
 
O filho da apresentadora Leda Nagle tentou fazer uma fala descontraída sobre o uso da palavra “veado”, defendendo o humor e a necessidade de extravasar da torcida. “No futebol, isso acaba sendo uma forma de extravasar. O termo ‘veado’ pode ser reciclado no sentido que o veado bicho é heterossexual, normalmente. Ele tem uma postura assustada, então dá para você brincar com isso”, explicou.
 
Não contente com o constrangimento que causou, ele prosseguiu: “Até porque o humor é fundamental para você transmitir a mensagem positiva com leveza e até atingir mais pessoas. Todo mundo aqui, por exemplo, concorda que o preconceito, a segregação, por opção sexual é um absurdo. Eu acredito que é questão de tempo para ser resolvido”.
 
A sua namorada, Sabrina Sato, deu declarações posteriores dizendo que não entendeu o que o namorado quis dizer e que ficou com muita vergonha. Confira o vídeo:



 

Cuma?

Uma publicação compartilhada por Morri De Sunga Branca (@morridesungabranca) em




Categoria: 

Tags: 




Comentar

Conteúdo relacionado