Homem gay de Curitiba recebe carta homofóbica em condomínio no Novo Mundo

Sem data e assinatura, uma carta que contém apenas oito linhas de palavras cheias de ódio e preconceito foi direcionada a um morador do bairro Novo Mundo, em Curitiba. O homem de 32 anos relata que estava em seu apartamento, no Residencial José Ferroni, quando recebeu, por baixo da porta, uma folha de sulfite dizendo “viado dos infernos esperamos que você se mude” impresso. Ele se mudou para o local há apenas dois meses.
 
A atitude é similar a noticiada em janeiro, quando o casal Junior e Maycon, do Rio de Janeiro, foi hostilizado por conta da sua orientação sexual e etnia por moradores do seu prédio. A carta destinada ao morador de Curitiba, que prefere não ser identificado, ainda falava sobre um suposto mau exemplo que a homossexualidade seria para os filhos de famílias tradicionais, formados entre homens e mulheres.
 
“Sua presença nos envergonha, nossos filhos não podem permanecer perto de uma pessoa como você, sentimos nojo de ter você aqui”, diz o texto. Em seu perfil pessoal do Facebook, o morador lamentou o preconceito: “Só queria saber porque tanto ódio, tanto preconceito com as pessoas. Pelo amor de Deus, vamos respeitar as pessoas como elas são, vamos espalhar amor, as pessoas não tem direito de humilhar as outras por serem gays, negros, gordos e etc... Somos todos filhos de Deus. CHEGA DE PRECONCEITO”.
 
O morador afirma não ter ideia de quem é o responsável pela mensagem mas que, se possível, pretende levar a história adiante. Segundo ele, foi lavrado boletim de ocorrência sobre o caso.
 

Categoria: 

Tags: 




Comentar

Conteúdo relacionado