Por que beijamos? A ciência explica algumas razões para beijar

Você lembra sobre o seu primeiro beijo? Foi com alguma colega da escola ou foi com o melhor amigo escondido na casa da árvore? Independente de onde ou com quem tenha sido, provavelmente o seu primeiro beijo ficou registrado na mente como uma das suas primeiras experiências vividas. 
 
Muito se fala sobre o beijo. Quando o assunto é ciência, geralmente os comentários são negativos e vinculados a doenças que podem ser transmitidas através da saliva. Mas, desta vez, um estudo da Universidade de Oxford explica porque o ser humano tem o hábito de beijar. E, acredite ou não, tem a ver com o instinto humano. 
 
O beijo pode ter diversas conotações, de acordo com a cultura em que está inserido. Ele pode representar desejo sexual, amor, carinho ou saudação. O estudo realizado tanto nos Estados Unidos quanto no Reino Unido prova que o beijo é uma característica importante das relações sexuais por alguns motivos: combinação de parceiro, método para iniciar o ato sexual e, também, um indicador de proximidade no relacionamento.
 
Segundo a pesquisa, a atração entre duas pessoas é feita, inicialmente, por meio de pistas faciais e corporais. Mas, para determinar se uma pessoa vale a pena para um relacionamento de longa distância, o beijo pode ser essencial. Você deve estar pensando que o julgamento é se o beijo da pessoa é bom ou não, mas na verdade não é isso. Tem a ver com os seus genes sugerindo compatibilidade, acredite ou não.
 
Quando você troca um beijo com alguém, há uma complexa troca de informações visuais, táticas, físicas e químicas, baseadas no olfato e paladar. Alguns componentes avaliam automaticamente a saúde geral de uma pessoa, assim como a compatibilidade genética e a viabilidade reprodutiva. Basicamente, isso quer dizer que se você não se sente bem em ter beijado uma pessoa, pode ser seu subconsciente sugerindo que aquela pessoa não é compatível com você. 
 
Relacionamentos e orgasmo
Outro estudo comprova o papel do beijo na construção de um relacionamento de longo termo. Esse estudo aponta que casais que têm o hábito de trocar beijos profundos antes do sexo e beijos gentis e apaixonados após a transa têm relacionamentos mais felizes, prazerosos e duradouros. Entre as mulheres, o beijo é um dos fatores essenciais para atingir o orgasmo. Por isso, beijar e uma reação instintiva do ser humano. 
 

Categoria: 

Tags: 




Comentar

Conteúdo relacionado