Rapaz gay é atacado com ácido e pode perder a visão em Curitiba

Um ataque homofóbico brutal está sendo investigado pelo setor de Vulneráveis da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Polícia Civil de Curitiba. No último domingo, Cleverson, um homossexual de 40 anos, vendedor autônomo, foi alvo de um suposto assalto em que acabou banhado com uma substância que o levou a ser internado em seguida com queimaduras por todo o tórax. O rapaz está internado no Hospital Evangélico, com queimaduras de segundo e terceiro graus, e corre risco de perder a visão de um dos olhos.
 
Ele mora no centro e havia saído para comprar um lanche no Mc Donalds e retornava para casa quando foi abordado na rua Alberto Bolliger, no Alto da Rua XV, próximo ao estádio Couto Pereira por volta das 19h30. O agressor teria anunciado assalto, chamado a vítima de “viado” e jogado a substância ácida. O agressor evadiu do local sem levar nenhum pertence. Um casal que passava pelo local chamou ajuda e a polícia.

 

 

Categoria: 

Tags: 




Comentários

Curitiba esta terrível. Nós

Curitiba esta terrível. Nós precisamos fazer algo gente!!!! meu amigo foi morto a facadas, indo pro vu numa quinta feira no ano passado. eu não vou esquecer disso nunca, agora mais ataques e ninguém faz nada! NA-DA! A prefeitura precisa fazer alguma coisa, nós precisamos fazer alguma coisa!

Comentar

Conteúdo relacionado