Após vídeo homoerótico vazar, quatro atletas são desligados de time de futebol do Rio Grande do Sul

Quatro atletas do time de futebol Sport Clube Gaúcho, de Passo Fundo, Rio Grande do Sul, foram desligados da equipe da terceira divisão depois que um vídeo onde um dos atletas masturba dois colegas foi exposto na internet esta semana. O outro atleta que filmou a cena também foi removido da equipe.
 
Nas imagens, um rapaz, agachado, masturba dois outros em pé, ao som de risos. No vídeo de alguns segundos, nenhum dos dois rapazes parece estar excitado e tudo parece não passar de uma brincadeira ou aposta. O problema é que o vídeo foi gravado dentro do vestiário do clube, que inaugurou sua arena nova no ano passado.
 
Apesar de oficialmente ter feito um “acordo” com os atletas, o clube diz que não é homofóbico. Para um dos dirigentes do clube, a continuidade dos jovens na equipe se tornou inviável depois da exposição. "Foi feito um acerto, um acordo, e eles seguem a vida deles. Até onde eu sei esses três não são gays, só fizeram tirando onda, mas agora eles vão ter que provar que não são”, afirmou Gilmar Rosso, presidente do clube para o UOL. "Não sou guardião da moral e dos bons costumes, não me interessa o que eles fazem ou deixam de fazer. A única coisa que eu fiquei bravo, a única coisa que eu proíbo aqui dentro é foto e filmagem, nada sem nossa autorização”, afirmou ele.

Assista ao vídeo:


 
 
 

Categoria: 

Tags: 




Comentar

Conteúdo relacionado