Modelo catarinense e youtuber comete suícidio e choca os amigos

Foi anunciado em um post no Facebook, no dia 20, que um modelo catarinense (o nome e foto foram suprimidos a pedido da família e amigos), de 25 anos, teria falecido em sua casa, vítima de suícidio. Ainda na mesma postagem, segundo o seu amigo, Ismael Victor Rohr, a causa da morte foi uma overdose de remédios. Ismael apagou a postagem após um pedido da família. A Lado A entrou em contato com a Polícia Civil de São Paulo e com o IML em São Paulo. Os laudos conclusivos sobre a morte do modelo sairão apenas apenas 90 dias. Sua morte não foi considerada natural e a polícia investiga o que aconteceu com ele. 

Além de modelo, ele também era cabeleireiro e tinha feito ensaios recentemente para uma grife gau internacional e para o aniversário de 10 anos do festival de música eletrônica Hell & Heaven, deste ano. Em entrevista ao Guia Gay de São Paulo, há dois anos, ele disse ter sido casado com mulher, mesmo sabendo que gostava de homens, influenciado pela religião, quando residia em Florianópolis. Ao ver casais gays tendo relacionamentos felizes, ele resolveu abandonar o casamento, depois de um longo período de depressão. 

Logo após, se mudou para São Paulo, onde passou a ter relacionamentos com homens. Em 2015, abriu uma conta no Youtube, para dar conselhos a jovens gays e mostrar que é possível superar tudo e ser feliz. Atualmente, os vídeos não estão mais no ar. 
 
O jovem deixou além dos pais, seus dois irmãos Robson e Rafael e o namorado. Foi organizada uma pequena cerimônia de despedida em São Paulo, na noite do dia 21, antes do corpo ser transferido para o munícipio de São José em SC, onde foi velado e sepultado no dia 22.

Nota do fundador:
A morte repentina surpreendeu amigos e familiares - e a todos nós. Um rapaz jovem, bonito, que deixa no ar onde a nossa sociedade está falhando para que uma decisão tão brutal como esta seja a única saída vislumbrada por alguns jovens gays. Ficam aqui nossos sentimentos e homenagem, mas, sobretudo, a indignação com toda a comunidade, que perde mais um jovem promissor por falta de atenção aos indivíduos em dor que precisam lutar ainda sozinhos contra o preconceito do mundo.


(L.J.)


Nota do conselho editorial da Lado A: Decidimos pela supressão do nome e foto em respeito ao momento que passa a família. Todavia, por se tratar de pessoa pública e o tema ser de interesse público, mantemos a notícia no ar.

Categoria: 

Tags: 




Comentários

Rapaz lindo, mas infelizmente

Rapaz lindo, mas infelizmente por viver em um país religioso em que demonizam o amor homo afetivo e por ele ter crescido em família cristã o cara não aguenta e comete um ato desse.... Religião é uma desgraça, podem comparar o nível de desenvolvimento humano em países ateu que é bem mais humanizado que países religiosos...

Comentar

Conteúdo relacionado