Namoro abusivo: 10 sinais de que o seu relacionamento não está no caminho certo

Para conseguir determinar se você está em um relacionamento abusivo, é necessário analisar além dos seus sentimentos, é preciso ser objetivo e o mais racional possível. Do contrário, estará enganando a si mesmo. 
Se você tem se sentido criticado, tenso, triste, angustiado, rejeitado, ignorado, pouco importante, isolado, culpado de tudo que acontece na relação, obrigado a se mostrar feliz ou fazer o outro feliz, está deixando seus gostos e interesses de lado para evitar uma briga, é porque sua relação não anda nada bem.  
 
Então, fique atento aos sinais de que já chega, que é melhor não insistir e partir para outra. Mas isto não é assim tão fácil, né? Muitos não querer ou tentam não ver os sinais de que o relacionamento não está bem, às vezes por medo ou pela comodidade.  
 
Contudo, isto só lhe vai fazer mal e não vale a pena insistir naquele babaca. Se isto está acontecendo melhor rever os conceitos e tomar aquela decisão que esta postergando. Abaixo, seguem algumas dicas para te ajudar a identificar uma relação abusiva:  
 
1 - Ciúmes e possessividade 
Ele é ciumento, não aquele controlado e fofo, mas tem ciúmes de tudo, como de sua família, amigos ou colegas de trabalho, com o objetivo de tentar te isolar. Um homem abusivo vai te enxergar como sua propriedade, em vez de indivíduo único. Vai vir lhe acusando sem razão de traição ou de flertar com outros homens, com questionamento de onde você estava e com quem estava de uma maneira acusadora e, ainda, na dúvida, ele pede aquela foto só para comprovar que você está falando a verdade. Está na hora de dar um chega para lá, confiança é um dos pilares para um bom relacionamento, se não tiver, não vai funcionar e você vai se sentir cada vez mais preso e sufocado.  
 
2 - Ele faz você sentir que está sempre errado 
Nem precisa ser uma discussão, pode ser naquele papo a noite quando chegam do trabalho, por exemplo. A forma de fazer isso pode ser sutil, sem a necessidade de uma frase direta, como um "que burro" ou "que idiotice", mas aquela fala que dá impressão de que você nunca fala nada de bom e está sempre completamente equivocado. Relacionamento abusivo não é apenas violência física, mas a violência moral. Pois ele procura te desqualificar e faz você se sentir um lixo. Então, melhor sair desse labirinto pois alguém que não dá apoio e tenta te fazer a pior pessoa sempre, te deixa para baixo, não vale a pena permanecer.  
 
3 – Controle 
Uma pessoa abusiva exige abertamente que seu tempo e você sejam o centro de sua atenção. A pessoa controla as finanças, o carro, e as atividades que praticam juntos e torna-se raivoso quando você começa a mostrar sinais de independência ou força. Sair com os amigos sem ele? Esqueça.  
 
4 – Ele nunca diz "obrigado" 
Ele exige coisas sem dizer "obrigado", essa é uma das palavras mais subestimadas. De entregar-lhe o seu café a pegá-lo no trabalho, "obrigado" é um requisito e deve ser dito e ouvido todos os dias. Ao agradecer, a pessoa mostra que a atitude foi importante e ela está agradecida por isso, sem aquele famoso "obrigado" como você fosse apenas obrigado a lhe servir e estar a sua disposição, como um "criado".  
 
5 – A pessoa mente 
É normal a pessoa esquecer de contar algo que aconteceu, talvez pela correria ou porque achou que não fosse relevante para a ocasião, mas no momento que a mentira surge, um alerta deve ser disparado. Por que ele teria que esconder algo e ainda utilizar a mentira para cobrir fato verdadeiro? A mentira surge quando não existe a confiança ou para cobrir algo errado que está praticando, um relacionamento é baseado na sinceridade, o que passar disso e perda de tempo.  
 
6 - Mudanças de humor 
O humor dele muda de agressivo e abusivo para uma aparência humilde, desculpando-se e tornando-se amoroso depois que o abuso aconteceu. Isto é um alerta de que sua vida vai se tornar uma montanha russa, pois terá de tomar cuidado como falar, agir ou se portar, o stress vai só aumentar pois precisará viver como se estivesse pisando em ovos. Uma bomba que não sabe quando vai explodir, e pior, como vai agir com seus atos e palavras.  
 
7 – Te pune 
Após ocorrer algo que não agradou seu parceiro ou não saiu do seu jeito, ele vem te privar de sexo, de intimidade emocional, joga um jogo silencioso. Ou então ele se perde no celular por horas como punição. Todos precisam de atenção e carinho, por mais que algo não tenha saído como queria. Isso não é motivo para se afastar, mas se aproximar e ter quem te apoie. Se isso ocorre é porque você não faz muita diferença para ele.  
 
8 – Você não se sente bem na relação 
Sabe aquele aperto no coração constante, um mal-estar, ou aquela agonia quando imagina seu relacionamento, não se conhece mais, parece que não é mais você. Quanto mais você procura agradar, mais é jogado de lado, parecendo um brinquedo usado, mas mesmo assim a pessoa não larga você e você não entende e acaba sofrendo mais e continua com ele. Relacionamento é troca e doação e precisa somar, ensinar coisas boas, deixar você feliz, assim se isso não está acontecendo, corre. 
 
9 – Ele não respeita seu espaço 
Seu parceiro não conhece limites, aparece na porta da sua casa do nada, no seu trabalho, na faculdade, aos poucos, parece estar minando toda a sua vida. Você pode até achar fofo e bonitinho, mas não deixa de ser uma forma de controle, um jeito de estar a todos os momentos na sua mente, tentando te controlar, te cercar. Para um relacionamento crescer de forma saudável é necessário espaço. 
 
10 – Seus amigos indicam isso 
Se o seu grupo de amigos lhe disser que ele é um idiota, tem grande chance de ele ser mesmo um idiota. É mais fácil quando vemos um relacionamento de fora, e é isso que seus amigos vão fazer: ver as atitudes dele, a forma que te tratar. É difícil olhar para o relacionamento de forma honesta enquanto você está nisso, por isso, escute seus amigos já que eles têm uma outra visão de seu relacionamento. E, convenhamos, são seus amigos e querem apenas seu bem. Nunca fariam ou opinariam em algo que irá te fazer mal. 
 
Moral da história: Então, depois dessas dez dicas sobre relacionamento abusivo se você continuar imaginando que ele mudará e começará a te tratar bem, pense novamente. Um homem abusivo não muda sem o devido tratamento. Está na hora de sentar com ele e conversar, expor seus sentimentos e procurar se sentir bem consigo mesmo.  

Categoria: 

Tags: 




Comentar

Conteúdo relacionado