Assembléia Legislativa do Paraná promove audiência pública sobre a “cura gay”

O Grupo Dignidade em parceria com o Conselho Regional de Psicologia do Paraná promovem uma audiência pública sobre a chamada “cura gay” na Assembléia Legislativa do Paraná no próximo dia 31. O evento foi pedido pelo deputado estadual Professor Lemos e faz parte da campanha do CRP “Diferença não é Doença. Respeito é um direito”. Com fala aberta, será debatido o tema exposto os motivos que justificam que a proposta não é coerente nem com a Psicologia e nem com os direitos LGBT.
 
A resolução 01/99 do Conselho Federal de Psicologia, estabelece que nenhum profissional pode influenciar negativamente as questões LGBT. Em setembro deste ano, o juíz do Distrito Federal, Waldemar Cláudio de Carvalho, concedeu uma liminar que permite os profissionais de psicologia a “tratarem” a homossexualidade, episódio que ficou conhecido como “cura gay”. Desde o lançamento da liminar, o Conselho Federal de Psicologia e suas sedes regionais, como é o caso do Paraná, estão se reunindo contra a proposta que fere os direitos humanos e promove declínio da saúde psíquica da comunidade LGBT.
 
O evento acontece no Plenarinho da Câmara, no dia 31/10, tem início às 17 horas e será fornecido certificado de hora/aula. O endereço é Praça Nossa Senhora da Salete, s/n, Centro Cívico. em Curitiba. 
 
 

Categoria: 

Tags: 




Comentários

Não é nada disso, o que se

Não é nada disso, o que se propõe é que um gay que QUEIRA deixar o homosexualismo, tenha apoio psicológico para isso, os comunistas invadiram a comunidade gay para manipular, eles que financiaram o neonazistas que assassinaram gay em SP, e depois eles mesmos denunciam e se colocam como "defensores", para criar movimentos sociais e transformar gays em idiotas úteis do comunismo!

Comentar

Conteúdo relacionado