Mike Pence: o possível passado homossexual e as atuais declarações homofóbicas do vice-presidente dos EUA

O vice- presidente Mike Pence reproduz todas as ideologias e proibições homofóbias do presidente Donald Trump. Por outro lado, o político conhecido por suas declarações homofóbicas pode ter vivido a homossexualidade em seu passado. Uma imagem que começou a circular nas redes sociais ainda em 2016, indica que Mike possui um passado gay. Na imagem, o homem de fisionomia muito parecida ao do vice-presidente, aparece mostrando o abdome abraçado junto de outro homem. O boato na internet logo foi descartado quando, através de uma busca, descobriu que o homem da foto em questão era o ator pornô Brad Patton. 

Depois que a polêmica se dissolveu no tempo, o questionamento sobre a sexualidade de Nike Pence voltou a  ser comentado na internet. Pence já deu várias declarações homofóbicas e, durante sua trajetória política, muito fez para inibir direitos LGBT’s. Nesse contexto, surgem alguns rumores de que ele, e alguns mais ousados apontam o próprio presidente Trump; seria homossexual “enrustido”. Por outro lado, Mike Pence continua com suas declarações extremamente homofóbicas. O politico já propôs que empregadores não contratem LGBT’s, tentado roubar-lhes qualquer vestígio de cidadania. "Os homossexuais não são como um grupo capaz. Eles são conhecidos por transportar taxas extremamente elevadas de doenças provocadas por causa da natureza de suas práticas sexuais e da promiscuidade, que é uma marca registrada de seu estilo de vida ", disse o vice-presidente. 
 
O governo de Donald Trump, em vigor nos Estados Unidos desde janeiro de 2017, é mundialmente conhecido por seu conservadorismo. Em consequencia de sua linha de governo, uma das populações mais afetasdas com a restrição de direitos é a LGBT. Recentemente, Trump lançou a proibição de transgêneros no exército, sob o argumento de que esse grupo gera muito custo com medicamentos hormonais. 

 
 

Categoria: 

Tags: 




Comentar

Conteúdo relacionado