Polícia divulga imagens e procura suspeito de assassinar famoso promoter de festas LGBT em São Paulo

O promotor de eventos Luiz Felipe Bonetti,41, (foto menor) foi encontrado morto em seu apartamento em Moema, na Zona Sul de São Paulo, na manhã de sexta-feira, 10 de novembro. A polícia está investigando o caso e suspeita que a vítima tenha sido assassinada pelo homem que aparece nas imagens da câmera do elevador do prédio (foto maior). Entre os eventos que o promoter organizaza estava o Mingau Sunset, em Pinheiros, que teve a edição do dia 12 cancelada em cima da hora por conta da tragédia.
 
A porta aberta do apartamento de Luiz Felipe causou estranheza em um funcionário do prédio, que entrou e viu o corpo do homem de 41 anos caído no chão. Segundo a testemunha, havia marcas de sangue pela sala e móveis revirados. Vizinhos tinham reclamado de muito barulho vindo do apartamento na noite anterior, momento em que Luiz Felipe estaria lutando contra seu assassino. 
 
O porteiro do prédio relatou à polícia que a vítima chegou ao condomínio por volta de meia-noite, acompanhado de outro homem. Imagens da câmera de segurança do elevador do prédio mostram um indivíduo de bermuda, camiseta e boné acompanhando a vítima. Depois da 1h da madrugada, as câmeras flagraram o suspeito vestindo uma calça jeans e um capuz quando saiu do prédio, falando sozinho. 
 
Luiz Felipe Bonetti morava sozinho e foi encontrado com ferimentos na cabeça. Seu corpo foi enterrado na tarde de sábado, 11 de novembro, no Cemitério de São Paulo, na Zona Oeste da cidade. O caso é investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Qualquer informação sobre o suspeito deve ser repassada para o Disque Denúncia no telefone 181, ou para o Departamento de Homicídios, no telefone (11) 3311-3950. 

 
 


 
 

Categoria: 

Tags: 




Comentar

Conteúdo relacionado