Vereador de Apucarana protocola projeto contra o ensino de “ideologia de gênero” nas escolas

O vereador da cidade de Apucarana, no interior do Paraná, a 360 quilometros de Curitiba, José Airton Deco de Araújo, protocolou no dia 17 de novembro um projeto de lei contra o ensino de “ideologia de gênero” nas escolas. A proposta prevê que qualquer menção à diversidade sexual e de gênero dentro das escolas públicas ou particulares do município será passível de punição. 
 
Segundo o projeto, a distribuição de material pedagógico que contenha qualquer informação sobre gênero e sexualidade, tais como livros, resvistas, folders, vídeos ou palestras será proibida dentro das escolas. A proposta prevê ainda, que até mesmo a distribuição de materiais que discursem sobre desigualdade de gênero, crescente problema mundial que resulta na violência de gênero, será vetada.
 
O vereador é conhecido por sua atuação na Câmara Municipal de Apucarana como "defensor da família tradicional brasileira". Sobre seu projeto, o político justifica que está lutando pela manutenção das tradições conforme manda a Bíblia e contra a “ideologia marxista” que tenta “confundir” a cabeça das crianças nas escolas públicas e particulares. O projeto segue tramitando e ainda não possui nenhum parecer. 

Este ano, o Paraná bateu seu recorde histórico de assassinato de LGBTs, chegando até o momento a 20 homicídos de ódio. A maior parte dos crimes foi no Norte do Paraná, onde fica Apucarana. Parece que o vereador não se importa. 
 
 

Categoria: 

Tags: 




Comentar

Conteúdo relacionado