Casal Gay é preso na Tailândia por postar foto das nádegas em frente a templo religioso

Um casal gay de San Diego, cidade da Califórnia, nos EUA, foi preso no aeroporto de Don Mueang na noite de terça-feira, dia 28 de novembro, quando tentava sair da Tailândia. Joseph e Travis Dasilva são acusados de publicar várias fotos de suas nádegas nuas em frente ao Wat Arun, ou Templo da Aurora, um importante templo budista e ponto turístico de Banguecoque, capital da Tailândia. 
 
Os acusados, ambos com 38 anos de idade, postaram as fotos consideradas ofensivas em suas contas do Instagram com mais de 14 mil seguidores. Depois de receberem muitas críticas, algumas de cunho homofóbico, o casal excluiu a conta.

Após enfrentar a prisão, os dois provavelmente serão proibidos de voltar ao país. Col Choengron Rimpadee, da Polícia de Imigração Tailandesa, disse à emissora BBC que os dois estão sendo monitorados após as autoridades terem descoberto as postagens. "Uma vez que acabarem com as acusações, a Polícia de Imigração Tailandesa revogará seus vistos e pressionará a deportação. Eles também estarão na lista dos que estão proibidos de voltar para a Tailândia", disse Rimpadee. 
 
O casal foi encaminhado para a delegacia de polícia de Bangkok e os dois foram acusados de nudez pública, o que foi considerado uma ofensa ao símbolo religioso da cidade que pode resultar em uma multa de cinco mil baht, o equivalente a 153 dólares, ou 502 reais. 
 
Murray Ramirez, comissário de San Diego no EUA, disse que está em contato com as autoridades americanas para conseguir ajudar o casal. Ramirez entende que a atitude dos turistas foi desrespeitosa, mas que a prisão não seria a solução mais adequada.  #vergonhaalheia

 

Categoria: 

Tags: 




Comentar

Conteúdo relacionado