Conheça o Capivara Futebol Clube, o time de futebol da diversidade de Curitiba

As quadras de futebol curitibanas estão cada vez melhor frequentadas graças ao time que promove a diversidade e inclusão. Resultado de um jogo entre amigos, o Capivara Futebol Clube vem crescendo cada vez mais e ganhando novos jogadores e também torcedores. O grupo participa de vários campeonatos e sonha em trazer prêmios e taças para Curitiba. 

A equipe começou em novembro de 2016 e com pouco mais de um ano de existência conseguiu aumentar e se manter de forma admirável. Inicialmente, apenas nove jogadores compunham o grupo que alugava pequenas quadras para jogar, no bairro Campina do Siqueira. O objetivo era atender aqueles que desejavam fazer uma atividade física e não se sentiam acolhidos nos times convencionais. Os jogos eram totalmente sem compromisso ou competição, apenas para proporcionar lazer e bem estar. 

O Capivara Futebol Clube, apesar de ser muito conhecido e respeitado como um time gay, não se intitula apenas como tal, mesmo que a maioria do time seja composta por gays. O clube preza a participação de todos que queiram jogar, independende de orientação sexual, gênero ou porte físico, o importante é a diversão e a prática de esportes para uma vida saudável. 
 
Rapidamente, o número de jogadores pulou dos nove para os mais de cinquenta. Com a divulgação do time através das redes sociais e com os jogadores chamando cada vez mais amigos, foi necessário aumentar o número de treinos. Os custos com uniformes e despesas com viagens para campeonatos ainda não possuem patrocínio integral, fazendo com que parte dos valores arrecadados saiam do bolso dos próprios participantes. Uma verdadeira articulação comunitária entre os interessados em fazer parte do Capivara Futebol Clube financia desde os uniformes até as competições fora do estado. 
 
 Um dos campeonatos importantes em que o time brilhou foi o da 1ª Taça Hornet de Futebol da Diversidade, realizado em São Paulo. A expectativa para a competição incentivou o time a se organizar melhor e tomar formas de um verdadeiro clube de futebol. O grupo que antes não tinha nome, agora precisava de algo que representasse o time e sua cidade de origem. Uma vez que a maioria dos participantes são gays, vários nomes do universo LGBT surgiram como opção, assim como o desejo de usar um uniforme rosa. Por outro lado, um dos fundadores do time, Carlos Sebrao, sugeriu que o nome remetesse à cidade de Curitiba, assim como o uniforme. Surgia então o Capivara Futebol Clube com seu uniforme feito de detalhes em verde, representando fielmente a cidade de Curitiba, conhecida como capital ecológica e que leva como símbolo nas redes sociais a capivara, presente em vários parques da cidade. 
 
Hoje, o Capivara Futebol Clube conta com mais de 50 adeptos, que se revezam em jogos semanais para treinar. O time continua crescendo, uma vez que através das redes sociais como Instagram e Facebook, convocam cada vez mais pessoas para fazerem parte desta família. A mídia também tem seu papel na divulgação já que o time chegou a ser mencionado até mesmo no Programa Encontro, da apresentadora Fátima Bernardes, na Rede Globo. A equipe, que segundo Carlos Sebrao felizmente nunca passou por preconceito dentro das quadras, visa participar de cada vez mais campeonatos e trazer as taças para Curitiba. O Champions Ligay, campeonato que acontece no mês de abril de 2018, em Porto Alegre, é um dos almejados pelo time que já está organizando o dinheiro para viajar. 

Categoria: 

Tags: 




Comentários

Comentar

Conteúdo relacionado