Arquivo importado

Time gay de vôlei consegue apoio campeãs olímpicas para disputar Gay Games

Redação Lado A02 de Janeiro, 201821h28m

COMPARTILHAR

TAGS


O time de voleibol gay, “Angels Volley Brazil”, está fazendo sucesso no Instagram após menos de um mês da criação de sua página. O time, fundado há 12 anos, pretende divulgar suas atividades e alcançar as quadras de países como a França. A equipe já conseguiu mais de 10 mil seguidores na rede social com publicações que atingem picos inéditos de visualizações.
 
Os responsáveis pelo projeto esportivo da “Angels Volley Brasil” são os jogadores Willy Montmann e Rafael Martins. Os atletas planejam levar a equipe para jogar no exterior na décima edição mundial do Gay Games, um grande evento esportivo LGBT, em agosto de 2018. “O Gay Games não é um torneio exatamente profissional, mas tem sua seriedade. E nós levamos o vôlei a sério, jogamos desde pequenos, tratamos como algo além de um hobby”, comentou Willy no Instagram.
 
O time foi criado em 2008 por Rafael Martins. O atleta começou reunindo um grupo de amigos gays para jogar em uma quadra alugada de São Paulo. No começo os jogos era apenas fonte de lazer, no entanto a atividade se profissionalizou após o apoio de Bruno Maia, que vive sob a alcunha de Todd Tomorrow e é considerado uma das maiores personalidades LGBT de São Paulo. Após a ajuda do publicitário, o time pôde se preparar para participar do Gay Games em Paris. 
Ao todo, o time é formado por doze jogadores que irão para a Europa. Conseguir recursos para concretizar a viagem e o sonho de jogar no exterior não tem sido uma tarefa fácil. Por outro lado, importantes personalidades do esporte como as campeãs olímpicas de vôlei Carol Gattaz, Thaisa, Jaqueline e Carol Albuquerque estão apoiando o time nas redes sociais e incentivando doações à equipe. As atletas gravaram vídeos que viralizaram na web e poderão finalmente contribuir para a realização de times formados pela comunidade gay. “Hoje em dia as mídias sociais são a principal plataforma para buscar apoio. Nós não queríamos palco, seguidores, e sim apresentar nossa ideia. Foi então que as atletas abraçaram, primeiro a Tifanny, depois a Thaisa entrou, superempolgada e empenhada, e começou um efeito dominó.”, conta Willy Montmann.
 
Apesar de a maioria das publicações da página da “Angels Volley Brasil” falarem sobre a obtenção de recursos financeiros, a equipe se destaca por publicar conteúdos políticos e sociais em protesto contra a homofobia ou qualquer tipo de preconceito. A atitude conferiu bastante crédito à equipe para  conseguir apoio de profissionais do esporte. Uma postagem com a foto de um dos atletas, o empresário gay Rangel Vilas Boas, agitou a rede com diversos comentários e elogios. Devido ao nome do time, “angels”, a imagem faz alusão à marca Victoria’s Secret, que apresenta seus modelos como anjos, para mostrar que existem anjos na luta LGBT também. “Os meninos são interessantes mesmo… Nossa página hoje é formada por cerca de 50% de mulheres, que gostam, mandam recados, dizem que somos lindos. E é verdade”, postou Willy. 

 

 

Redação Lado A

SOBRE O AUTOR

Redação Lado A

A Revista Lado A é a mais antiga revista impressa voltada ao público LGBT do Brasil, foi fundada em Curitiba, em 2005, pelo jornalista Allan Johan e venceu diversos prêmios. Curta nossa página no Facebook: http://www.fb.com/revistaladoa

Banner Marcação 1000x220

COMPARTILHAR

TAGS


COMENTÁRIOS