Nova Coluna do Fer

Heterofobia

Vou falar de um assunto que inicialmente pensava ser um problema particular. Mas descobri, há poucos dias, que não sou o único a sofrer dessa “síndrome”. Outras pessoas sofrem ou já passaram por isso. Se você se identificar, não se preocupe, é normal.




Os gays vão dominar o mundo

Há alguns dias, eu estava batendo um papo com uma de minhas irmãs quando entramos no assunto de minha sexualidade. Conversa vai, conversa vem e ela em determinado momento disse: “... de um tempo para cá a cidade foi invadida por gays. De uma hora para a outra. Parece que surgiram nas ruas e em todos os lugares. Por que será?”. Na hora, eu disse que não sabia. Agora, pensando melhor, acredito que seja aquela história de seletividade. Vou dar um exemplo de seletividade: você nunca vê nas ruas um Astra preto.




Pais na balada

Vocês estão lembrados de Edith Modesto? Ela é fundadora de um grupo destinado às mães de homossexuais e que sempre está em programas de televisão divulgando esta iniciativa, já esteve no programa Charme, Jô Soares e Altas Horas. Para mostrar a boa influência que esse grupo tem exercido na vida das mães, dos filhos e de famílias com membros gays é que nessa edição voltei a falar do assunto.




Gays na tevê

Olá pessoas. Já devem ter percebido que nos últimos meses é comum vermos homossexuais na televisão e no cinema. Antes, mais no cinema, por ser uma mídia mais elitista e de melhor aceitação à assuntos “novos” ou com menos aversão. Mas, agora, você liga a televisão de sua casa e pode contemplar tranquilamente personagens gays ou programas abordando assuntos envolvendo esse mundo tão colorido.




Ele não morreu por TODOS nós?

Jesus morreu por todos nós, logo sabemos que Ele não discriminou ninguém. Então por que as mais diversas religiões, em sua maioria, nos discriminam? “Não julgue para não ser julgado”, e ainda assim nos julgam. Há quem diga que os gays não têm Deus no coração, que são pessoas afastadas da fé, entre outras coisas. Mas, o que queriam? Com toda essa pressão exercida, sob os homossexuais, não percebem que são eles mesmos que impõem as barreiras para haver um gay evangélico, católico ou afins? Para mim, isso é privar os gays da busca pela plenitude.




Especial: Divas contra Preconceito

Nessa edição da coluna vamos relaxar um pouco. Afinal, não podemos levar tudo a ferro e fogo, não é? Pois é! Por essa razão, fiz uma lista com algumas divas da musica internacional que vestem a camisa glbt e que mais agradam o público.

Para começar, ninguém menos do que a diva mãe, Gloria Gaynor: revolucionou a música disco com seu hit “I Will Survive”, tornando-se um hino do movimento gls. E que por sinal é referência gay até hoje. Quem não se anima quando Glória começa com as primeiras notas? E outra, ela nos carrega até no nome “Glória GAYnor”.




Depilação vs. Discrição

Estive lendo esses dias uma reportagem que tratava da depilação masculina, dizia que o número de adeptos a essa prática cresce a cada ano no Brasil. É verdade que muitos depilados são heteros, tudo bem, mas eu acredito – opinião minha, apenas – que a maioria dos meninos que se depila, sejam gays ou bis, se preocupam com a aparência. Um grande problema é quando você é gay, não assumido. As pessoas desconfiam (familiares ou não) e você não quer dar pistas de sua sexualidade. Nesse caso, fazer a depilação é mais complicado pois, para muitos, só os gays se depilam.




Papo bem sério

Tratando de um papo bem sério agora. Há alguns dias, um amigo chegou até mim horrorizado com o acontecimento vergonhoso envolvendo um de seus amigos. Há poucas semanas, após sair de uma das baladas GLS mais freqüentadas de Curitiba, aquele rapaz havia praticamente sido espancado. E ainda contou que outro de seus conhecidos também foi assaltado e agredido por alguns rapazes, no momento em que voltava para casa, depois de curtir uma balada.




Educação Cívica nas escolas da Espanha

A partir de 2007, será implantada na grade escolar espanhola uma nova disciplina que visa orientar os alunos sobre a diversidade na estrutura familiar. A matéria chamada “Educação Cívica”, que terá a mesma importância das disciplinas de línguas e matemática, corresponde a uma iniciativa parlamentar aprovada neste mês de julho naquele país. Uma realidade já existente em alguns países europeus.




Serviço Social?

Até que ponto a exposição de gays na mídia e no cotidiano da sociedade se caracteriza em serviço social? Todo mundo já percebeu que o mercado GLS está em constante ascensão. Algumas empresas, ao perceberem a falta de opções para o público homo, estão investindo mais nesse segmento. Um bom exemplo é o primeiro Centro de Atenção ao Turista GLS do mundo, que será inaugurado em São Paulo. Essa iniciativa partiu da Associação Brasileira de Turismo GLS em parceria com a Prefeitura de São Paulo. Para o lançamento da obra, houve até um show da cantora Laura Finocchiaro no local.




Personagem gay na Record

Em novela da rede Record personagem Julieta quer “curar” Nilo, personagem gay.

A novela “Cidadão Brasileiro”, exibida pela rede Record, traz em sua trama um personagem gay, Nilo. O jovem rapaz confuso com seus sentimentos se negava a casar-se com Julieta, garota que está apaixonada por ele. Porém, quando Nilo confessa à moça sua atração por homens, ela prontamente propõe casar-se com ele porque ela estaria “disposta a ajudá-lo e curá-lo desse sofrimento”. O episódio, segundo divulgações, será exibido na noite do dia 6 do próximo mês.




Junho e Julho são os meses mais Gays de Curitiba

Pois é, no mês de junho estréia nos cinemas, a “versão” lésbica de “O Segredo de Brokeback Mountain”, “Meu Amor de Verão”. A película é dirigida por Pawel Pawlikowski, naturalizado inglês, e de origem polonesa. A trama , rodada em 2004, narra com bom humor o florescer de um relacionamento entre Mona (Nathalie Press) e Tamsin (Emily Blunt). As duas separadas por classe social se encontram quando Mona, de classe operária, vai passear em uma área rural inglesa onde conhece Tamsin, uma aristocrata. Depois de uma breve amizade descobrem que estão envolvidas em um grande amor.




Programa Charme de 03/05

Dae galera. Sou o Ferr, estou aqui para tocar a nova coluna do site. Agora a revista Lado A traz uma seção de entretenimento aos seus leitores, Coluna do Fer . Aqui comentaremos o mundo da música, cinema e televisão envolvendo o universo gls e do que for de seu interesse. Come on!

Na quarta feira, dia 03, em seu programa Charme, transmitido pelo SBT, a apresentadora Adriane Galisteu abordou o tema "homossexualidade" em um quadro de bate papo. Ela que sempre demonstrou simpatia e respeito por gays.




Páginas