Colunas

Escravizados pelo sexo: do que somos capazes pela falta do amor?

Compulsão sexual é um assunto sério. É doença e tem tratamento. Pode acontecer comigo, com você, e até com aquela pessoa mais meiga do escritório que ninguém dá nada por ela (somos mistérios pra nós mesmos). Eu precisaria estudar anos de psicologia para me aprofundar no tema e, por esse motivo, não bancarei o sabichão que tem respostas pra tudo na ponta da língua. A minha abordagem será mais simples, com foco nos nossos pequenos hábitos que se repetem e que podem nos tornar num monstro com infinitos tons de descontrole emocional. 



Não é por R$20: O custo invisível das drogas

Quando uma pessoa consome um entorpecente, ela não apenas lesa a sua saúde, ele ajuda a manter uma cadeia cruel de mortes, custos públicos e violência. As máfias das drogas estão ligadas ao tráfico de pessoas, corrupção de menores, lavagem de dinheiro, roubo de veículos, estelionato, corrupção de agentes públicos e a outros infinitos crimes. Ao comprar uma droga ilícita, seja qual for o motivo, seja qual for a quantidade, você está colaborando. As organizações criminosas não tem centralização, são mais espalhadas do que células terroristas e tão cruéis quanto.



Chegou a hora de NAMORAR, mas como identificar a PESSOA CERTA?

Está é a pergunta de todos, ainda mais em um mundo complicado em que vivemos sendo hétero ou homoafetivo, cada dia buscamos ter alguém para amar chamar de “meu”,  poder cuidar,  construir uma vida juntos. O sonho de muitos é como  o de contos de fadas, que sempre finda em: “viveram felizes para sempre”. Mas no caminho tem uma bruxa para destruir tudo, não é verdade? A grande dúvida do momento seria: É possível ser Gay casar e  manter um único parceiro? Já consigo ouvir a moçada gritando: É DIFÍCIL! 



O fim da odisseia barbuda na Terra

Certo tempo atrás, li alguns posts no 'Facetruque' afirmando que a aventura barbuda na Terra chegaria ao fim porque a onda beard havia atingido o topo e, tudo que sobe desce (algumas coisas nem sobem, mas isso são outros 500).
Voltando ao assunto, ano passado, o jornal New York Times declarou o fim da cultura hipster, que levaria consigo a moda de usar barba. Cientistas australianos atestaram que, por ter virado mania mundial, ela deixaria de ser usada e só voltaria a ser tendência muitos anos depois.



Curitiba: A cidade que te mata aos poucos mas onde você morre feliz

Já são quase 20 anos desde que vim morar na minha amada Curitiba. Hoje, pleno alto Verão e faz 12 graus lá fora. Choveu o dia inteiro, um dia cinza de garoa interminável, frio, tão característicos desta cidade que escolhi para viver e morrer. Não troco Curitiba por praia e nem por outras metrópoles, por qualquer outra cidade do mundo. Temos sim problemas, mas a nossa cidade é única positivamente. Curitiba não é perfeita, mas confesso, ela vicia.



O mínimo que você precisa saber antes de desistir de um relacionamento

Um pedaço de papel; Um carimbo de firma reconhecida; Dois anéis; E um padre no meio pra dizer Amém. Isso é casamento – não amor.
 
Amar não é algo tão simples como parece.Passamos toda uma existência buscando porto seguro nos relacionamentos, terra firme no coração de terceiros e exigindo do nosso parceiro uma solidez decretada numa cerimônia que não passa de um ritual.




Páginas