Notícias

“Momo: Para Gilda com Ardor” e a subversão do teatro paranaense

A 2ª Curitiba Mostra é uma seleção do Festival de Curitiba de peças regionais, trabalhadas em cima de textos de autores paranaenses, que são apresentadas ao público gratuitamente. Um dos destaques de 2017 foi a peça “Momo: Para Gilda com Ardor”, que fala sobre a subversão da identidade de gênero e orientação sexual de forma realista, sem deixar de ser vista sob o ponto de vista da arte.
 
Uma criação de Ricardo Nolasco, que performa na peça como a travesti Gilda.



Arqueólogos descobrem que corpos abraçados de Pompéia são de homens

O ano de 79 depois de Cristo foi a ruína da cidade de Pompéia, que ficava perto da atual cidade de Nápoles, na Itália, e do Monte Vesúvio. Foi uma erupção vulcânica do Vesúvio que expeliu cinzas letais e gases venenosos, fazendo milhares de vítimas na cidade. As cinzas e a lama que vieram em seguida cobriram e preservaram a forma dos corpos e da cidade, sem estragos. Lá, foi encontrado dois corpos abraçados. Muita especulação se fez sobre os dois. Seriam parentes? Amantes? Homens? Mulheres? Acreditava-se que eram duas mulheres, amigas.



Unicorns Futebol Clube, time gay de São Paulo, completa dois anos

Em 2015, um grupo de amigos gays que gostava de futebol, mas se sentia de certa forma intimidado ao jogar com heterossexuais, decidiu criar um time destinado exclusivamente para homens gays que gostam de se divertir jogando futebol, independente do nível de talento. Assim foi fundado o Unicorns Futebol Clube na Zona Sul de São Paulo, em Ipiranga. O time já está completando dois anos e sempre recebe pessoas novas. 
 
Ao total, são cerca de 50 integrantes que participam dos treinos e jogos.



Chechênia mantém mais de 100 homossexuais em campos de concentração

No início de Abril, a imprensa mundial noticiou que cerca de 100 homens homossexuais haviam sido presos pela polícia Chechena, região que pertence à Rússia. Agora, relatos de fugitivos, que permanecem anônimos por motivos de segurança, confirmam que foram criados campos de concentração para LGBTs na região e que eles são eletrocutados, espancados e até mortos.
 
A veracidade das informações é difícil de ser atestada, visto que qualquer pessoa corre risco de vida ao denunciar esse tipo de informação na Rússia ou de entrar em contato com ONGs LGBTs.



Gerente do Itaú é demitido depois de postar fotos beijando o namorado

O Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região fez uma denúncia contra o Banco Itaú por demitir um funcionário por motivação homofóbica. Segundo o órgão de representação, o gerente demitido, que teve sua identidade preservada, era exemplar, sempre batendo metas, ganhando 10 prêmios por metas no período de um ano e seis meses que trabalhou lá. Ao voltar de férias, foi demitido após postar fotos beijando seu noivo. 
 
O gerente contou que já havia sido repreendido pelas roupas e ternos que usava que, segundo a empresa, eram inadequados para o cargo.



Pegadinha de versão de Rei Leão gay de 1° de abril ainda assusta desavisados

O portal de notícias LGBT PinkNews lançou uma pegadinha de 1º de Abril que pegou os desavisados de jeito. Em uma notícia falsa, o site afirmou que a nova versão da Diney de “O Rei Leão” traria o personagem Simba como um leão homossexual. A notícia causou diversos risos entre os que sabiam da verdade e muita indignação dos homofóbicos de plantão, que ocuparam o Twitter com protestos.
 
Ortiz postou: “É melhor que o Simba não seja gay no novo filme, porque ele não era gay antes. Nada contra os gays, mas isso é desnecessário”.



Rússia proíbe divulgação de montagem do presidente Putin como drag queen e novas imagens viralizam

O Ministério da Justiça da Rússia proibiu nesta semana a veiculação de qualquer imagem que contenha o presidente Vladimir Putin usando maquiagem, seja em alusão a drag queens ou a uma orientação sexual não tradicional. A imagem entrou na lista de itens “extremistas” que não podem ser compartilhados e pode acarretar em prisão para quem descumprir a decisão. A lista foi criada em 2013 e conta com 4074 itens.
 
Um porta-voz do Governo Russo afirmou que a decisão vai na mesma direção da legislação contra propaganda que incentivem orientações sexuais fora do padrão.



Ídolo da música romântica assume homossexualidade aos 73 anos de idade

Está cada vez mais comum listas no fim do ano que trazem as celebridade que saíram do armário naquele ano. E aqui vai mais um nome para a lista, o cantor Barry Manilow, que embalou diversas boates dos anos 70 com a sua música “Copacabana”. Aos 73 anos, o artista diz ter superado o medo da rejeição dos fãs e revelou estar em um relacionamento há 40 anos com o empresário Garry Kief.
 
Em uma entrevista à revista People, Barry falou pela primeira vez sobre a sua homosexualidade, confirmando os rumores do seu casamento em 2014 com o seu agente e empresário Garry Kief.



Segunda Marcha pela Diversidade de Curitiba acontece em Maio

Em celebração ao Dia Internacional contra a Homofobia e Transfobia, que acontece no dia 17 de Maio, o Grupo Dignidade de Curitiba promove a Segunda Marcha pela Diversidade no dia 21 de Maio, saindo da Praça Santos Andrade, com concentração às 13h30. O objetivo do evento é adicionar mais uma data importante para a luta de direitos de lésbicas, gays, travestis, transexuais e bissexuais. 
 
Durante a concentração, vai acontecer uma oficina de cartazes, para que os participantes possam escrever seus protestos de forma orientada e consciente.



Drag queen RuPaul se posiciona contra Michel Temer no Instagram

A maior referência mundial da arte drag, RuPaul, posicionou-se na manhã de hoje, 07, contra o presidente do Brasil, Michel Temer através de uma arte postada em sua conta no Instagram. Na foto, um grupo de pessoas, possivelmente em uma marcha na rua, carregam um cartaz com duas fotos da drag queen, usando o seu bordão “Shantay, You stay” e “Sashay away”.
 
O texto diz: “Dilma. Shantay, You Stay. Teme, Sashay away”. A tradução pode ser considerada um apoio a ex presidente Dilma Rousseff e contrária a posse do atual presidente Michel Temer.



MEC retira menções a identidade de gênero e orientação sexual da base curricular nacional

O documento com as diretrizes da base de ensino para escolas públicas e particulares do país todo teve uma prévia apresentada aos jornalistas na última terça-feira, 04, onde três trechos faziam menção à identidade de gênero e orientação sexual. Entretanto, no documento protocolado ontem pelo Ministério da Educação, de forma discreta, os trechos haviam sido modificados, excluindo referências à sexualidade e gênero.
 
O documento foi entregue ao Conselho Nacional de Educação e foi oficializado na última quinta-feira, 06.



Homem é vítima de roubo por cara do aplicativo que ameaça até seu cachorro

Mais um caso de polícia envolvendo homens desconhecidos em aplicativos de encontros gays. Desta vez, aconteceu em Boynton Beach, Flórida. No último final de semana, um homem, que preferiu não se identificar, marcou de encontrar por meio de um aplicativo de encontros Vadol Marquise Reed, de 22 anos, na sua casa. Dois homens encapuzados o abordaram, roubaram seus bens e ainda roubaram a casa e o cachorro da vítima.
 
Tudo aconteceu muito rápido. Ele estava chegando a casa de Reed quando dois caras com o rosto coberto saltaram e o abordaram.



Fringe: De Salto Vermelho conta a história de três homossexuais, no Festival de Curitiba

O Festival de Curitiba está chegando a sua reta final, mas muitos dos grandes espetáculos ainda estão por vir. É o caso de “De Salto Vermelho”, que será representado nos dias 08 e 09 de Abril na Casa Hoffmann, no bairro São Francisco. A peça passeia pela história de três protagonistas homossexuais, da infância à vida adulta, caminhando pelo drama e a comédia da vida real. 
 
Dirigido por Léo Nunes, a peça conta com cinco atores no elenco, que interpretam, ao todo, sete personagens homossexuais.



Em protesto contra homofobia, homens holandeses andam de mãos dadas

Um movimento para inspirar pessoas do mundo todo. Após a agressão de um casal gay por seis homens em Arnhem, na Holanda, durante o fim de semana, diversos homens importantes e anônimos do país saíram de mãos dadas pelas ruas e em eventos públicos para transmitir uma mensagem contra a intolerância. Além de parlamentares, a ação chegou a membros da ONU em Nova Iorque.
 
Tudo começou com parlamentares holandeses começando a semana de mãos dadas, entre eles o do partido D66, Alexandre Pechtold e seu companheiro de trabalho Wouter Koolmees.



Páginas