Últimas Notícias

Nazismo é crime, sabia?

Esta semana chegou uma reclamação de uma mãe sobre um filho que estava envolvido com uma “gangue” de neonazistas. Embora ela more em São Paulo, pela internet ela costuma acessar esta coluna. A mãe preocupada, pedia ajuda para dar um jeito em seu filho que estava até aprendendo alemão. Não tive outra escolha a não ser me informar e acabei descobrindo que nazismo é crime.




O que um pai de filho(a) homossexual deve saber

Primeiro de tudo, o pai deve pesquisar sobre o assunto. Homossexualidade não é doença, ou seja, não tem cura. Um filho não virou gay por causa dos pais, de pessoas com quem ele anda, ou nada disso. Primeira coisa que uma mãe deve saber, e que os pais sabem mas omitem, é que muitos adolescentes têm experiências homossexuais que depois não interferem em nada na sua sexualidade na fase adulta. Por isso, se o filho/filha for pego(a) em uma dessas “brincadeiras” não exagere.




Relacionamento: Traição

 

É um assunto assustador para quem tem um relacionamento duradouro. Mas “chifre” é um ornamento contemporâneo tão na moda que é difícil alguém achar quem nunca teve o seu. Mas existem algumas considerações importantes. A final, o que fazer nessas horas?




Boas maneiras à mesa

Resumão: Não se sirva antes do anfitrião, não coma antes de todo mundo, espere algum ritual ou início por parte de quem o convidou,  jamais cruzar as pernas ou apoiar os pés na estrutura sob a mesa. Homens ajudam as damas a se sentarem, puxando e empurrando as cadeiras. Manter os cotovelos rente ao corpo. Lembre-se também de não apoiá-los sobre a mesa. Se existe algo na boca que você não quer comer, convém retirar da forma que entrou. Se comeu com garfo, o use, se comeu com as mão, idem.




::: Homofobia nas escolas de N.Y :::

Um relatório da Secretaria de educação de Nova Iorque afirma que existe uma preocupação com as condições dos estudantes GLBT da cidade. Segundo o estudo, eles são comumente alvos de agressões e assédio dos outros estudantes. Para a ong Advocates for Children, existem mais de 14 mil estudantes homossexuais na Big Apple.




Páginas