Últimas Notícias

Blumenau: Evangélicos espalham balões e cartazes com mensagens excluindo novas famílias

Diversas cidades de Santa Catarina amanheceram no dia 8 de dezembro, sexta-feira, com mensagens e ações públicas da Omeblu, a Ordem dos Ministros do Evangelho de Blumenau - Omeblu. Com panfletos, cartazes, balões a organização promoveu o Dia Nacional da Família, segundo eles constituída exclusivamente por homem e mulher. No mês passado outdoors colocados pela mesma entidade reforçavam a ideologia de gênero binária: homem e mulher, com base na Bíblia.



60% dos estudantes LGBT brasileiros não se sentem seguros nas escolas

A Aliança Nacional LGBTI, o Grupo Dignidade e outras instituições de apoio LGBT lançaram uma plataforma online sigilosa onde é possível fazer denúncias de discriminações sofridas nos estabelecimentos de ensino brasileiros. A iniciativa é resposta a uma pesquisa realizada no Brasil, entre os anos de 2015 e 2016, cujos dados apontam que 73% dos estudantes LGBTI já sofreram agressões verbais; 36% já foram agredidos fisicamente e 60% não sentem que a escola é segura para os LGBTI.




MPPR notifica Câmara Municipal de Ponta Grossa sobre ofensas do vereador Pastor Ezequiel contra Pabllo Vittar

O Ministério Público do Paraná (MP/PR) notificou a Câmara Municipal de Ponta Grossa sobre uma ação judicial contra o vereador Pastor Ezequiel Bueno (PRB). O ofício foi recebido pelo vereador Pietro Arnaul (Rede) que é corregedor-geral da Câmara. Arnaud afirmou que irá torná-la do conhecimento de todos os vereadores e marcar uma reunião para tomar alguma posição sobre o caso, conforme solicita o ofício.



Paraná inicia formação da Rede de Atenção a Casos de Violação de Direitos de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais

A Secretaria de Estado da Justiça, Trabalho e Direitos Humanos do Estado do Paraná, SEJU, por meio de seu departamento de Direitos Humanos e Cidadania, DEDIHC, convocou a formação da Rede de Atenção a Casos de Violação de Direitos de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (LGBT), a primeira do gênero no país. O projeto é um conjunto de ações e políticas que visa dar maior apoio ao público LGBT, principalmente aqueles que estejam em situação de risco ou vulnerabilidade social, por conta da violência, e é uma demanda antiga da comunidade LGBT local. 



Caso histórico: Justiça dos EUA analisa direito de confeiteiro cristão em recusar bolo para casamento gay

A Suprema Corte dos Estados Unidos está divida entre posições contrárias e favoráveis sobre um processo movido há cinco anos. Em 2012, o casal gay David Mullins e Charlie Craig  tiveram sua encomenda de bolo de casamento recusada por Jack Philips, um dos maiores confeiteiros do estado do Colorado, nos EUA. A recusa do profissional que é dono da Masterpiece Cakeshop, confeitaria de renome, tem motivações religiosas. Como cristão, o confeiteiro se recusa até mesmo a produzir bolo de Dia das Bruxas, conforme argumentou em juízo.



Jogador de futebol gato fica pelado e coloca pênis dentro de troféu para comemorar título

O jogador de futebol Aleksander Melgalvis Andreassen, que atua na zaga do Lillestrøm SK, da primeira divisão da Noruega, protagonizou uma das cenas mais bizarras do futebol esta semana . Depois de seu time vencer pela sexta vez na última década o campeonato nacional Norwegian FA Cup, desta vez com uma vitória de 3 a 2 sobre o Sarpsborg 08, em jogo realizado no Domingo, o jogador se animou e tirou toda a roupa durante a comemoração realizada nesta segunda-feira.



Jogadora trans brasileira reestreia no Super Liga para ser a pioneira e fazer história mais uma vez

A goiana Tiffany Abreu, de 33 anos, será a primeira mulher trans brasileira a atuar na Superliga Brasileira de Voleibol Feminino. Nesta terça-feira, dia cinco de dezembro, a equipe paulista Bauru anunciou a contratação da atleta para a temporada de 2018. Tiffany já treina neste time desde julho deste ano, quando chegou do exterior para se recuperar de uma cirurgia na mão. 




Festival do Teatro Lala Schneider tem peça sobre sexualidade “Quando os Meninos Amam”

A peça “Quando os Meninos Amam”, de autoria e direção de Anderson Ribas, conta a história de um menino e sua família que se aventuram em terras desconhecidas em busca de fortuna. A trama se passa em 1980, no interior do Brasil e acompanha o crescimento e as transformações desse garoto que se torna um adolescente com suas dúvidas e descobertas. A sexualidade do jovem que começa a se aflorar alimenta ainda mais suas confusões internas trazendo questionamentos sobre sexo, justiça e fantasias, quando diversos atores interpretam o mesmo personagem de múltiplas facetas. 



Páginas