Últimas Notícias

MASP expõe mais de 200 obras sobre história da sexualidade e gênero

Aguardando a polêmica característica do contexto conservador da país, a exposição Erótica entrou em agosto em cartaz no Museu de Arte de São Paulo, o Masp. A mostra é de autoria do artista pernambucado Pedro Correia de Oliveira que junto com outros artistas compõe uma série de exposições sobre a história da sexualidade. Na próxima semana, o MASP abre a mostra História da Sexualidade, que promete por fim à discussão de nudez e arte que tomou o país neste semestre.



Agustin Fernandez: Ele enfrentou o preconceito, foi genial e venceu

O uruguaio Agustin Fernandez estourou na internet com seus tutoriais incríveis de maquiagem. No auge dos seus poucos anos de vida, aos 24, ele alcançou milhões de seguidores nas redes sociais onde exibe seu rosto divinamente maquiado por ele, mesmo coberto de barba. Com o sucesso, ganhou muito dinheiro, totalizando um montante de aproximadamente um milhão de reais em apenas no último ano, boa parte com a patente de sua criação, um adesivo que simula o efeito de um delineador de olhos (ver abaixo).



Divo: Cada vez mais maduro e lindo, ator Nicolas Prettes retribui o carinho do público LGBT

Nicolas Prattes, 20, vem conquistando cada vez mais espaço no cenário artístico brasileiro. O ator começou sua aparição na televisão no ano de 1999, quando ainda bebê interpretou o filho dos personagens de Thiago Lacerda e Ana Paula Arósio na novela Terra Nostra. Em 2015, Prattes voltou às telinhas após muito tempo longe da profissão, dessa vez, como protagonista da novela teen Malhação. Após sua reestreia, o artista não parou mais.



Para evitar homossexuais no clero, Igreja decide investigar passado sexual de candidatos a padres

O decreto intitulado "O dom da vocação presbiterial" foi enviado pelo Vaticano ao clero, para organizar os processos para angariação de seminaristas. O documento ainda vai ser discutido dentro de um mês pelos padres e bispos responsáveis pelos seminários. As análises do documento ocorrerão na cidade de Fátima, em Portugal, durante reunião da Conferência Episcopal, órgão de consagração dos bispos, e será válida para todos os países. 




João Silvério Trevisan lança seu livro Pai, pai; importante contribuição literária LGBT

Um dos mais importantes intelectuais da cena literária brasileira lançou seu novo livro no contexto LGBTI. João Silvério Trevisan, 73, publicou Pai, pai; através da editora Alfaguara. A obra discorre sobre seu pai, o italiano José, que faleceu em  1997 e deixou em suas memórias um legado de desaprovação de sua orientação sexual, além da postura imponente. 



Rapaz gay de 25 anos grava e posta vídeos antes de tirar a própria vida. Precisamos discutir isso.

Na madrugada da última sexta-feira, 13 de outubro de 2017, mais um jovem e talentoso artista ceifou a própria vida. Fabrício Junior tinha 25 anos e era ator. Nascido em Diamantina e residente em Belo Horizonte, cidades do estado de Minas Gerais, ele cometeu suicídio em sua casa. Segundo informações de amigos, Junior era um jovem alegre, tranquilo e sociável. O rapaz aparentava levar uma vida normal como um jovem artista sonhador, mas sofria de depressão, diagnosticada havia pouco mais de um ano.



Supremo Tribunal Federal julgará proibição de doação de sangue por homossexuais no Brasil

A Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) será julgada na quinta-feira dia 19 de outubro, pelo Supremo Tribunal Federal. O documento protocolado pelo Partido Socialista do Brasil (PSB), questiona a portaria 158/2016 do Ministério da Saúde e a resolução 43/2014 da Agencia Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que proíbem a doação de sangue para pessoas tenham mantido relações sexuais nos últimos 12 meses com pessoas do mesmo sexo. 



Guerra das bolinhas: Pastor deputado declara guerra contra igualdade de gêneros e marca de sabão

Ideologia de gênero é uma invenção de pessoas que querem acusar quem defende a igualdade dos gêneros de subversão. Para isso, usam as crianças como escudo, já que a batalha de desigualdades entre gêneros vem desde a infância, quando crianças são ensinadas que meninos e meninas tem diferenças que justificam o homem ganhar mais e as mulheres serem escravizadas. Sim, as mulheres são escravas de uma imagem de castidade e pureza que aos homens não é exigida com um fardo.




Páginas