Últimas Notícias

Travestis e transexuais podem fazer visita íntima a companheiros presos, diz Justiça

A Justiça de Ribeirão Preto decidiu que travestis e transexuais não podem ser privadas(os) de ter visitas íntimas com seus companheiros presos no dia destinado ao gênero com o qual se identifica. A decisão partiu de uma ação movida pela Defensoria Pública depois que uma mulher transgênera foi obrigada a visitar o seu parceiro no dia destinado para a visita de homens apenas porque não tinha passado pelo cirurgia de readequação sexual. 
 
Juntos desde junho de 2015, o parceiro foi preso ao cometer um crime no início deste ano.



13 aplicativos para encontrar o homem dos seus sonhos... (SQN)

Os aplicativos de relacionamento são febre entre jovens e adultos. Muitos namoros, noivados e casamento nasceram em um desses aplicativos. No caso da comunidade LGBT, eles proporcionam um espaço de relacionamento sem o medo do preconceito - um pouco ilusório, porque até dentro da própria sigla, encontramos intolerância. De sexo à amizade e namoro, conheça 13 aplicativos gays que você precisa, ao menos, experimentar uma vez na vida, vai que o boy da sua vida está lá...
 
Moovz
O Moovz é uma das primeiras redes sociais LGBTs global.



Após reformas, Cats Club terá festa de reinauguração com Silvetty Montilla

A Cats Club está de cara nova. Uma das baladas mais tradicionais da capital paranaense, com 16 anos de estrada, a casa passou por toda uma reforma que deixou a fachada exterior com cara de prédio histórico - o que é verdade, visto que o prédio é tombado pelo patrimônio público - e o interior com um ar ainda mais moderno e teatral. Para fazer o lançamento oficial, a casa realizará a festa Queen, no próximo dia 27, com a presença da drag queen Silvetty Montilla.



JK Rowling rebate comentários homofóbicos destinados a Tom Daley

O atleta britânico, dos saltos ornamentais, Tom Daley é uma das principais celebridades LGBTs dentro do esporte. Seu desempenho nas semifinais do salto na plataforma de 10m decepcionou os fãs por conta da última posição. Mesmo recuperando o fôlego e conquistando a medalha de bronze no salto sincronizado junto com Daniel Goodfellow, o atleta foi alvo de críticas no twitter. A autor da saga de Harry Potter, J. K.



Peça Escravagina em cartaz em última temporada em Curitiba

Em sua última temporada, o monólogo Escravagina, interpretado por Maite Schneider, atriz e artista trans de Curitiba, volta para a capital paranaense para fazer sua despedida. Com texto e direção de Cesar Almeida, a peça está em cartaz de quinta à domingo, entre 18 de agosto a 4 de setembro, no Teatro Mini Guaíra. 
 
Super comentado nas rodas de amigos do Café do Teatro e nos fumódromos da Side, Cats e Verdant, a peça pode ser descrita como uma viagem à intimidade da pessoa Maite, forte, sentimental e, principalmente, extremamente sensorial.



Foz do Iguaçu recebe o projeto modelo A Hora é Agora de testagem para o HIV

O projeto A Hora é Agora - Testar nos Deixa mais Fortes alterou as datas de atendimento do trailer de testagem na cidade de Foz de Iguaçu. O projeto, que tem por objetivo fazer o teste do HIV para identificar e ajudar portadores do vírus, está atendendo a população da fronteira do estado nas quintas e sextas-feiras na Praça do Mitre, das 18h às 22h. A mudança visa atender as demandas da população jovem gay.
 
O projeto foi lançado no dia 5 de agosto na cidade de Foz.



Morte de transexual na Turquia é motivo de protesto raro no país

A Turquia, um país de maioria muçulmana, é conhecida na Europa por ser um dos países mais intolerantes com a comunidade LGBT do continente. Um dos principais centros para refugiados sírios, tem se tornado, também, um pesadelo para gays, lésbicas, transexuais e travestis que querem seus direitos reconhecidos. O assassinato truculento da ativista trans de 22 anos, Hande Kader, que foi encontrada mutilada e carbonizada no último dia 12 de agosto em uma estrada perto de Istambul, gerou um movimento jamais visto no país. 
 
Kader era uma mulher trans profissional do sexo.



Família de Alexandre Ivo questiona PSOL sobre candidato que testemunhou contra o caso

Alexandre Ivo foi brutalmente torturado e assassinado quando tinha 14 anos, em 2010, na cidade de São Gonçalo. O caso ganhou repercussão na mídia nacional por seu caráter homofóbico e bárbaro. O movimento “Alexandre (V)IVO” ganhou o apoio de diversos ativistas sociais e políticos, como o deputados Jean Wyllys e Paulo Eduardo Gomes, além do apoio do partido PSOL nas investigações.



Páginas