curitiba

Museu do Holocausto de Curitiba: histórias que jamais devemos esquecer

O primeiro museu sobre o Holocausto no Brasil encontra-se em Curitiba e existe desde 2011. São cerca de 700m² de exposição, com um acervo que inclui fotografias, mapas, objetos e depoimentos de sobreviventes do Holocausto. A exposição permanente possui 56 objetos e aproximadamente 300 fotos e vídeos, que compõem por volta de 5% de todo o acervo do museu. O acervo completo pode ser visto em dois computadores ao final da visita ao museu e em exposições temporárias e itinerantes.



Casal gay é agredido por homofóbicos em frente de balada alternativa no Batel

Mais uma agressão homofóbica ocorreu na noite curitbana. Dessa vez, o fato aconteceu próximo a uma casa noturna no bairro Batel, um dos bairros mais nobres e movimentados por jovens frequentadores da noite na cidade, em frente ao novo Bar James. No feriado de 7 de setembro de 2017, Guilherme Costa, 24, estava sentado com seu namorado Rafael em uma calçada logo em frente à casa noturna da qual haviam saído minutos antes, na rua Doutor Carlos de Carvalho, quando foram agredidos gratuitamente. Os agressores estavam dentro da casa noturna e teriam ameaçado as vitimas, segundo um dos rapazes.



Encontro de Psicologia em Curitiba terá profissionais que defendem a “cura gay”

A Associação Brasileira de Psicólogos em Ação (ABRAPSIA) promoverá o I Encontro da ABRAPSIA no feriado de setembro na cidade de Curitiba. O tema do encontro é “Em defesa da profissão” e contará com seis psicólogos palestrantes. Alguns assuntos abordados serão: hipersexualização e desamor entre adolescentes no século XXI, a agenda e políticas de gênero – “os direitos sexuais em crianças” e o curriculum nas universidades de psicologia: ciência ou objetivos políticos?



Confusão e agressão homofóbica em panificadora na madrugada de Curitiba

Na madrugada do dia 27 de agosto, domingo, mais uma vez a intolerância e preconceito se manifestam no Centro de Curitiba. Bruno Oliveira, 21, e amigos deixaram uma casa noturna e foram até uma tradicional padaria 24h na Rua Vicente Machado. Na mesa ao lado, dois homens, ao perceberem a presença de Bruno e seus amigos, começaram a esbravejar com palavras homofóbicas tais como "esse tipo de vagabundo a gente tem que descer o pau. Colar eles na parede pra ver se vira homem", contou a vítima em seu perfil do Facebook. 




Curitiba tem exibição de filme gay Corpo Elétrico esta semana

Estréia neste fim de semana em Curitiba, o drama “Corpo Elétrico”, primeiro longa-metragem do diretor Marcelo Caetano. O filme conta a história de Elias, 23 anos, gay, nordestino e começando a vida adulta em São Paulo, onde ele divide seu tempo entre trabalhar numa fábrica têxtil e ter vários relacionamentos casuais com homens, onde vamos descobrindo cada vez mais sobre sua personalidade. 



Vaticano contesta felicitações do Papa Francisco dada a casal gay curitibano

O casal Toni Reis e David Harrad, de Curitiba, está muito feliz por conta de uma carta de felicitações em razão do batizado dos filhos na Igreja Católica enviada pelo Vaticano. Reis publicou no dia 07/08/2017, em sua rede social, a carta que recebeu do Monsenhor Paolo Borgia, na qual o Papa Francisco parabenizava o batismo e reconhecia o casal homoafetivo e seus filhos como família. Segundo matérias veiculadas em sites católicos logo nos dias seguintes à publicação de Toni Reis, as notícias sobre as saudações do Papa ao casal seriam respostas padrão. 



HIV Aids: PreP chega a custa mil dólares nos EUA e é oferecida de graça em Curitiba

A profilaxia pré-exposição ao HIV (PrEP) é uma estratégia que envolve a utilização de uma medicação antirretroviral (ARV)  para reduzir o risco de uma pessoa adquirir a infecção pelo HIV através de relações sexuais. O objetivo do uso do medicamento Truvada é proteger grupos que estão mais expostos ao risco de infecção, como profissionais do sexo, casais sorodiscordantes (quando um tem o vírus e o outro não), pessoas trans e homens que fazem sexo com homens.



Projeto “Escola Sem Partido” quer banir discussão de orientação sexual e de gênero e causa conflito em Curitiba

O projeto “Escola Sem Partido” voltou a criar polêmica na terça-feira da semana passada (15/08) em Curitiba. Enquanto o projeto era apresentado aos vereadores dentro da Câmara, grupos se enfrentavam do lado de fora. O texto, que já está em sua 3ª versão, sempre teve como representantes os evangélicos. Em 2014, com autoria de Carla Pimentel (PSC), que é pastora, o projeto fracassou na própria Câmara. Em 2015, o projeto foi repaginado por 13 deputados, a maioria evangélicos, e foi apresentado a Assembleia, porém também foi barrado.



Curitiba: assassino é condenado a 32 anos de prisão por crime envolvendo homofobia e intolerância religiosa

Em fevereiro de 2009, em Curitiba, no bairro Portão, Lourinaldo Nunes dos Santos, 32 anos, mais conhecido como Pai Adoya e outro homem não identificado oficialmente, 30 anos, conhecido como Babalorixa Preta foram mortos a facadas. Os homicídios ocorreram na casa de Lourinaldo, que era pai de santo. O assassino foi levado pelas vítimas para um encontro sexual e em determinado momento passou a agredir o pai de santo e depois a esfaqueá-lo, totalizando 18 ferimentos. O amigo do pai de santo tentou impedir o agressor, porém também foi golpeado a facadas e morreu.



Curitiba recebe palestra sobre Inovação e Diversidade

Nesta sexta-feira, no Moinho da Inovação, no Rebouças, a Agência Curitiba de Desenvolvimento traz a discussão sobre Diversidade para o Vale do Pinhão. O engenheiro de suporte da empresa alemã SAP, Filipe Roloff, virá falar sobre “Diversidade e Inclusão como catalisador da Inovação”. O evento tem entrada solidária e os interessados devem levar na hora um agasalho ou um quilo de alimento.




II Marcha pela Diversidade agita Centro de Curitiba

No último domingo, dia 25 de junho, a Marcha pela Diversidade, organizada pelas ONGs Grupo Dignidade , Transgrupo Marcela Prado e UNA LGBT, coloriu Curitiba com as cores do arco-íris. O evento reuniu centenas de pessoas para protestar contra a lesbotranshomofobia. A marcha partiu da Praça Santos Andrade, em frente ao prédio histórico e partiu pela rua João Negrão e Avenida Marechal Floriano, rumo à Boca Maldita, e foi puxada por um grande trio elétrico onde DJs e artistas da noite se revezavam.



Caso de professor morto em Curitiba expõe crime comum contra não assumidos

Gabriel Mateus Belinski, 21 anos, atraiu o professor de Biologia da rede pública Flávio Ávilla, de 53 anos, até a sua casa no bairro do Boqueirão onde ele e um menor mataram o docente no último dia 06, terça-feira. O corpo foi encontrado às margens da BR 277, em São José dos Pinhais, na sexta-feira, três dias após o crime. Assassino e vítima viviam vidas duplas, expostas após o crime.  



Após homofobia em bar, ativistas fazem protesto com beijaço

O professor de inglês Diego Nunes, 27 anos, escolheu o Bar do Ceará, no Centro de Curitiba para tomar uma cerveja  quando ele e o companheiro foram hostilizado após trocarem um beijo. “Aqui não heim”, teria dito o atendente com um soco sobre a mesa em que estavam. Atônitos, os rapazes terminaram a bebida e foram embora. O fato ocorreu na noite desta segunda-feira, dia 05 de junho. O Bar fica próximo a Catedral de Curitiba com a igreja matriz em um extremo da rua e a boate gay mais tradicional da cidade na outra, a Cats Club.



Polícia divulga retrato de homem que jogou ácido em gay de Curitiba

A Polícia Civil divulgou nesta segunda-feira uma imagem feita por computador do homem que atacou o homossexual Cleverson, 40, na noite do dia 13 de maio, Domingo, em uma rua do Alto da XV, em Curitiba. O homem moreno usava boné e capuz na hora do atentado e, segundo a vítima, deferiu a frase “Então toma isso seu ‘viado’”, antes de jogar o ácido que queimou Cleverson por toda a parte superior de seu corpo. A vítima está internada no hospital Evangélico e não corre risco de morte mas pode perder o olho esquerdo que está com a visão comprometida.



Páginas