curitiba

Assassino confesso de Wilson Bueno é absolvido mas MP quer novo julgamento

Em maio de 2010, o assassinato do escritor paranaense Wilson Bueno, autor do premiado sucesso Mar Paraguaio e outros 12 livros, chocou Curitiba. Ele foi encontrado morto aos 61 anos em sua casa, na região do Tingui, esfaqueado. O caso foi logo solucionado pela polícia nas semanas seguintes. Cleverson Petreceli Schmitt, então como 19 anos, garoto de programa, foi apontado como autor do crime. O acusado foi inocentado nesta segunda-feira pelo 1ª Vara do Tribunal do Júri de Curitiba, por quatro votos a três.




Páginas