imprensa

Tradicional jornal LGBT sofre atentado nos EUA

Um vídeo de segurança de um prédio registrou o momento em que um grupo de sete pessoas de preto instalou explosivos dentro de uma caixa de um jornal LGBT da cidade de Salem, no Massachussets, Estados Unidos. O crime  aconteceu no dia 23 de agosto e a polícia investiga o caso como um crime de ódio e lgbtfobia.



O reascender do Movimento Queer

As ideias do movimento queer surgiram na década de 70, com as discussões de gênero. As ideias partiram de pensadoras feministas para a construções de Teorias de Gênero, que têm o homem e a mulher, o masculino e o feminino, como construções históricas, culturais e sociais. Apesar de gênero ainda ser um termo com conceito em construção, os pensadores do âmbito acadêmico notaram que as reflexões sempre tinham o binarismo como parâmetro.



Jornal australiano pede desculpas quase 40 anos depois por capa homofóbica

O Editor Chefe do The Sydney Morning Herald, Darren Goodsir, escreveu um pedidos de desculpas oficial à comunidade LGBT por conta de uma capa homofóbica do jornal, 40 anos atrás, sobre a 1ª Parada do Orgulho da cidade australiana, em 1978. Na época, cerca de 500 pessoas saíram às ruas para protestar contra as leis anti gays do país e, mesmo com autorização da prefeitura, os policiais prenderam 53 manifestantes. Há relatos de violência e abuso policial na prisão arbitrária.



Por que não usar “violentado” ao invés de “sodomizado” nos crimes de “estupro” de contra homens?

Diversos textos jornalísticos que falam sobre abusos sexuais de meninos e homens, nos Estados Unidos e no Brasil, e principalmente em Portugal, optam por usar o termo “foi sodomizado” no lugar de sofreu estupro ou violência sexual. É o caso da notícia sobre o garoto mexicano que foi violentamente estuprado em 2006 e, depois de passar por dezenas de cirurgias para reduzir os danos, suicidou-se no ano passado por não aguentar a situação.



“Professor gato” de Matemática é capa de revista gay no Reino Unido

Pietro Boselli é PhD e professor no curso de Engenharia Mecânica na University College London, onde dá aulas de Matemática. Fotos da época de modelo do italiano viralizaram este ano na internet depois que seus alunos descobriram seu passado de glamour. Mostrando que continua com tudo em cima e não tem preconceitos, o gato posou para a edição de junho da revista gay Attitude, do Reino Unido.

Nascido em Negar, na Itália, o modelo de 26 anos foi eleito no ano passado Mister Fitness da Europa, já fez campanhas para a Abercrombie e desfilou para marcas como Armani.



Ator patinho feio de Harry Potter reaparece de cueca e é capa de revista gay

O ator britânico Matthew Lewis que viveu o desastrado Neville Longbottom na versão cinematográfica da saga Harry Potter mostrou que cresceu e que está lindo. Ele posou para a capa da revista "Attitude" e recebeu bronca da autora J.K. Rowling, autora de "Harry Potter" que disse: "Não foi tão ruim quanto ver o Dan em 'Equus', mas perto disso. Me avise da próxima vez, pelo amor de Deus". Depois de um pedido de desculpas do ator a escritora brincou: " Eu sempre vou te apoiar em tudo o que fizer, Matthew. Agora vá vestir umas roupas". 




Homem transexual pode vencer concurso para capa da Men´s Health

O transexual Aydian Dowling, de 27 anos, um dos 11 transexuais que mostramos em nossa última edição (Lado A 56, veja aqui ), está em uma disputa online para ser capa da revista Men's Health de novembro. Liderando a votação do Ultimate Guy Search, o gato trans ficou famoso depois que postou um vídeo sobre a sua transformação de 4 anos no YouTube e depois uma foto pelado imitando o cantor Adam Lavine, no ano passado.
 
Para o título, ele conta que os exercícios mudaram a sua vida.



Caso Clube do Carimbo: UNaids declara preocupação com abordagem da imprensa brasileira

Em dezembro e em fevereiro, a imprensa brasileira repercutiu dois blogs da internet onde supostamente homossexuais ensinavam e se vangloriavam de transmitir o vírus HIV a outras pessoas sem que eles soubessem. Para a Unaids, órgão que cuida da questão do HIV e Aids dentro das Nações Unidas, a possibilidade de aumento da discriminação a pessoas que vivem com o HIV é “preocupante.



Casamento real gay: Brasileiro se casa com príncipe italiano no Rio de Janeiro

Aconteceu no Rio de Janeiro, nesta quarta-feira, um discreto e lindo casamento entre o brasileiro Henrique Mollica e o príncipe italiano Giulio Durini di Monza, da Lombardia, na propriedade secular da família italiana em solo carioca. Juntos há três anos, os dois moram entre Milão e o Rio de Janeiro e se conheceram na cidade maravilhosa. Um verdadeiro conto de fadas, já que o rapaz brasileiro agora também é príncipe.




Maquiador se inspira em Conchita Wurst e causa em tradicional portal de Santa Catarina

No início deste mês, a revista de life style e moda Donna publicou em seu portal no ClicRBS um editorial com o maquiador e hair stylist Agustín Fernandez, 22 anos, uruguaio radicado em Florianópolis. O trabalho inspirado na cantora austríaca Conchita Wurst, vencedora do festival Eurovision deste ano, deu o que falar. Comentários homofóbicos invadiram as redes sociais e opiniões sobre a matéria, mostrando que Floripa é uma cidade conservadora e, pior do que isso, preconceituosa.




Praia do Futuro com Wagner Moura: “O mito de que o Brasil é um país liberal não é verdade”

Participando em todo o país da divulgação do seu novo trabalho, o ator Wagner Moura (Tropa de Elite) está vendo como o Brasil é um país conservador. Ao falar sobre o longa "Praia do Futuro", do diretor Karim Aïnouz, que estréia esta semana nos cinemas, Moura precisa a todo o momento defender o seu personagem Dontato, um salva vidas machão de Fortaleza que se descobre gay e muda para a Alemanha em busca de paz para viver seu amor e sua orientação sexual. Mas o filme é mais do que isso, acrescenta o ator, em entrevista ao Bahia Notícias, que também entrevistou o diretor Karim Aïnouz.



Joinville: Jornalista é condenado por comparar beijo gay com “defecar em público”

Em 2012, ao comentar um beijo gay exibido na propaganda eleitoral do candidato a prefeito de Joinville Leonel Camasão (PSOL), o jornalista e editor chefe do "Jornal da Cidade", João Francisco da Silva, afirmou que considerava a imagem nojenta e algo “tão asqueroso quanto alguém defecar em público ou assoar o nariz à mesa”. Por conta da declaração e de uma ação civil movida pelo Ministério Público de Santa Catarina, o jornalista e o veículo foram condenados a pagar indenização por danos morais no valor de R$ 25 mil.




Páginas