les

Participante mais velha do BBB 17 se emociona ao mencionar filha lésbica

Ieda é a participante mais velha na casa do BBB 17. Aos 70 anos, a Miss Canoas 1964 foi motivo de memes antes do programa começar por ter apoiado o Movimento de Impeachment contra a ex-presidente Dilma Rousseff. Mas, nesta semana, já no reality, emocionou-se ao contar sobre como lidou com a descoberta da homossexualidade da sua filha Tanara Oliveira, 27. 
 
Ela estava falando sobre o jeito apaixonante da filha quando contou que passou por momentos difíceis para aceitar a orientação sexual dela.



A nova polêmica do beijo gay censurado pela Globo poderá ser decidida pelo público

A nova série da Globo, que estreia no dia 27 de Setembro, Nada Será o Mesmo, teve uma cena de beijo gay gravada entre a personagem de Bruna Marquezine e Letícia Colin. Mas o beijo cortado pela direção compartilhada de Guel Arraes, José Luiz Villamarim e Jorge Furtado, por motivo de evitar excessos, como foi falsamente divulgado, não foi cortada de forma definitiva. Entretanto, a cena pode voltar, dependendo da aceitação do público com as personagens. 
 
Nada Será o Mesmo contará a história da televisão no Brasil, seu início na década de 50.



Nossa lutadora medalhista de ouro no judô é lésbica e feliz

A judoca Rafaela Silva, primeira medalhista de ouro pelo Brasil nas Olimpíadas do Rio de Janeiro, conta com uma história linda de superação. Mulher, negra, da favela e lésbica, Rafaela sofreu muita opressão e preconceito ao longo da sua carreira, inclusive dos brasileiros, que a chamaram de “macaca” quando foi eliminada nos jogos de Londres, em 2012.
 
Rafa nunca falou publicamente sobre sua orientação sexual porque prefere ter privacidade no seu relacionamento. Mas a judoca namora há quase três anos a ex-judoca e campeã sul-americana duas vezes, Thamara Cezar.



Com dicas culturais para lésbicas, namoradas cariocas fundam canal Censuradas Vlog

Um casal de namoradas do Rio de janeiro criou um canal no Youtube para dar mais visibilidade à comunidade lésbica, assim como criar conteúdo para o grupo, através de dicas de bandas, livros, filmes e seriados com personagens lésbicas empoderadas. Isadora Fraga, 23, e Vicky Fechine, 25, criaram o ambiente chamado “Vlog Censuradas” para provar que a vivência LGBT conta com aspectos naturais. Não comuns, mas naturais. 
 
O canal já conta com mais de duas mil inscrições e 170 mil visualizações nos vídeos e pode ser encontrado no Youtube como “vlog censuradas”.



Conheça os atletas gays participantes dos Jogos Olímpicos Rio 2016

Falta menos de um mês para a edição do Rio de Janeiro dos Jogos Olímpicos e estamos todos ansiosos para torcer por nosso país e para nossos atletas prediletos. Mas também queremos ver os musos e musas do evento, além, é claro, de conferir quais são os atletas que estão dando representatividade para a comunidade LGBT. Serão 35 atletas LGBTs assumidos que vão participar desta edição dos jogos. 




Jornalista paranaense lança livro reportagem sobre jovens lésbicas

“Esta não é uma história sobre lésbicas. Esta é uma história sobre liberdade.”, pontua o jornalista Marcelo Santos, de Foz do Iguaçu, na introdução do livro que ele lança este mês: “O que acontece quando o armário é aberto”.  A obra nasceu em seu trabalho de monografia de mestrado e foi selecionada para publicação no edital do Fundo Municipal de Cultura em Foz do Iguaçu.



Médico rejeitado por lésbicas diz que gays devem ser mortos em vídeo postado na internet

Em Goiânia, um casal de lésbicas foi surpreendido pela homofobia de um conhecido médico da cidade. “Gay, veado, se pegar, tem que matar essa desgraça. O mundo não é pra isso, as aberrações” disse o pneumologista Ricardo Dourado. O médico estava no bar de um posto de gasolina (?) quando encontrou as mulheres e reagiu declarando seu preconceito, gravado em vídeo, depois que uma delas mandou o médico parar de incomodar a companheira.



PM carioca lésbica dá a luz aos primeiros trigêmeos de pais homossexuais do país

A policial militar Lorrany Figueiredo, 30, casada com a bancária Lidiane, 35, deu à luz no último sábado a Benício, Samuel e Vicente, três meninos saudáveis que já estão em casa com as mães. O nascimento dos bebês foi com oito meses e ocorreu na Clínica Perinatal de Laranjeiras, no Rio de Janeiro. São os primeiros bebês trigêmeos filhos de pais homossexuais no Brasil. Lorrany foi pioneira ainda na PM carioca tendo o primeiro casamento gay reconhecido pela instituição, em 2014. Elas vivem juntas desde 2010 e realizaram um sonho.



Poetisa Alice Ruiz organiza beijaço em bar homofóbico e histórico de Curitiba

Fundado em 1904, o Bar Stuart, na Praça Osório, em Curitiba, é famoso por ser o mais antigo sobrevivente da boemia curitibana mas infelizmente está ganhando uma nova fama: de ser preconceituoso. A fama não é nova, na verdade, até pouco tempo, o bar proibia a entrada de mulheres desacompanhadas, assim como faziam muitos locais conservadores da cidade, como o bar Palácio, também das antigas.



Comercial da marca Kellogg's traz casal de lésbicas e beijo

A Kellogg’s é uma multinacional americana especializada em cereais, presente na mesa de café da manhã de boa parte dos norte-americanos e por todo o mundo. A empresa ganhou grande destaque no início deste ano ao colocar uma propaganda nas TVs australianas que fala abertamente sobre a percepção feminina com o próprio corpo e incentivar o empoderamento das mulheres.



Modelo e atriz Cara Delevingne revela os motivos de deixar as passarelas

Cara Delevingne, atriz bissexual que estrelou o filme Cidades de Papel, anunciou que abandonaria o seu trabalho de modelo no fim do ano passado, quando estava em um dos pontos mais altos da sua carreira como top model. Seus fãs ficaram sem entender nada, mas uma carta publicada no novo site da revista Time, chamado Motto, revelou os seus motivos de forma dramática e com teor bastante sentimental. 
 
“Eu trabalhei duro para ser aceita pela comunidade fashion em maneiras que vão além da minha aparência física.



Páginas