les

Simpósio de Diversidade Sexual em Maringá gera celeuma e pedido de informações

Só faltou a ala conservadora pedir uma CPI para averiguar o Simpósio de Educação Sexual que ocorreu na UEM - Universidade Estadual de Maringá, em abril. Depois que imagens publicadas no site da Universidade chamam atenção por mostrar cenas de uma performance artística foram publicadas em outros sites esta semana, com ponderamentos desmedidos, por quem nem assistiu ao espetáculo, conjecturando que a universidade estaria abusando do seu papel educativo.



Lado A 67 vem com nova logo, boy magia e clima de Outono

A Lado A ganhou uma nova logomarca a partir da edição 67, que chega esta semana, que  traz o lindo modelo Gabriel Nora em sua capa e em um editorial inspirado no belo outono curitibano. A entrevista desta edição é com a promoter Helizianne Newton que vai falar sobre a noite, militância e seus mais de 30 anos de estrada. Ela conta ainda como foi participar da primeira parada LGBT do Brasil, em 1995!  A nossa tradicional coluna social está recheada de fotos e a edição traz ainda um texto sobre a cultura da imagem e amigos de internet, HQ e guia.



A cantora revelação Raissa Fayet é nossa

A música popular brasileira é recheada de talentos e vertentes, principalmente nas vozes femininas. Agora temos uma artista curitibana no segmento para chamar de nossa: É a sempre diva Raissa Fayet, 32, que lança este mês um MiniDoc sobre o processo criativo de seu novo disco, Rá, gravado na Alemanha e inspirado na Vila de São Jorge, em Goiás.



Hospital de Florianópolis lança campanha de Dia das Mães com casal de mulheres

Na semana do Dia das Mães, a Clínica Imagem e o Hospital Baía Sul, de Florianópolis, lançaram a campanha Mãe: Todas as Forma de Amor. A campanha é uma websérie em sete capítulos que conta a história de diversas mães e fala sobre maternidade, superação e amor.
 
A campanha começou contando a história profissional de TI gaúcha Danielle Freitas de Oliveira, 37, funcionária do hospital, e Patrícia Moraes, mães de Maria Luiza, de Florianópolis.



Vanessa, de Rock Story, assume paixão platônica pela chefe

A personagem Vanessa, interpretada pela atriz Lorena Comparato, da novela “Rock Story” da Rede Globo, revelará no episódio do dia 24 de abril que sente uma atração lésbica por Diana. A revelação será feita para a sua mãe, que dirá que já desconfiava e que aceita a filha como ela é.  A cena acontecerá após uma briga entre a secretária e Diana, que vai humilhá-la.
 
Na sequência da história, Vanessa decide contar para Gui sobre as armações de Diana, que se aproveitou da bebedeira do agente para fingir que os dois tinham transado em Recife.



Atriz de “Orange is the New Black” se casa com a roteirista da série

Quem assiste a série do Netflix Orange is the New Black, sobre um presídio feminino, aprendeu a se apaixonar pela história da personagem negra e lésbica Poussey, que enfrenta um amor não correspondido ao longo de boa parte da série. No último sábado, 25 de março, a atriz que interpreta Poussey, Samira Wiley, realizou a cerimônia do seu casamento com a roteirista da série, Lauren Morelli. 
 
O casamento aconteceu em Palm Springs, na Califórnia, de forma discreta e íntima.



Mari, jogadora de vôlei, beija suposta namorada no Lollapalozza

A jogadora de vôlei Mari Steinbrecher, que atualmente representa o Vôlei Bauru e já foi medalhista de ouro pelo Brasil nas Olimpíadas de Pequim, foi flagrada beijando muito a modelo Vanessa Mel durante o festival musical Lollapalooza, que aconteceu nos dias 25 e 26 no Autódromo de Interlagos, na cidade de São Paulo. 
 
O perfil do jogo_extra compartilhou um vídeo no Instagram onde, durante uma música eletrônica, Mari dança de frente para Vanessa, em um clima super sensual e sedutor.



Participante mais velha do BBB 17 se emociona ao mencionar filha lésbica

Ieda é a participante mais velha na casa do BBB 17. Aos 70 anos, a Miss Canoas 1964 foi motivo de memes antes do programa começar por ter apoiado o Movimento de Impeachment contra a ex-presidente Dilma Rousseff. Mas, nesta semana, já no reality, emocionou-se ao contar sobre como lidou com a descoberta da homossexualidade da sua filha Tanara Oliveira, 27. 
 
Ela estava falando sobre o jeito apaixonante da filha quando contou que passou por momentos difíceis para aceitar a orientação sexual dela.



A nova polêmica do beijo gay censurado pela Globo poderá ser decidida pelo público

A nova série da Globo, que estreia no dia 27 de Setembro, Nada Será o Mesmo, teve uma cena de beijo gay gravada entre a personagem de Bruna Marquezine e Letícia Colin. Mas o beijo cortado pela direção compartilhada de Guel Arraes, José Luiz Villamarim e Jorge Furtado, por motivo de evitar excessos, como foi falsamente divulgado, não foi cortada de forma definitiva. Entretanto, a cena pode voltar, dependendo da aceitação do público com as personagens. 
 
Nada Será o Mesmo contará a história da televisão no Brasil, seu início na década de 50.



Nossa lutadora medalhista de ouro no judô é lésbica e feliz

A judoca Rafaela Silva, primeira medalhista de ouro pelo Brasil nas Olimpíadas do Rio de Janeiro, conta com uma história linda de superação. Mulher, negra, da favela e lésbica, Rafaela sofreu muita opressão e preconceito ao longo da sua carreira, inclusive dos brasileiros, que a chamaram de “macaca” quando foi eliminada nos jogos de Londres, em 2012.
 
Rafa nunca falou publicamente sobre sua orientação sexual porque prefere ter privacidade no seu relacionamento. Mas a judoca namora há quase três anos a ex-judoca e campeã sul-americana duas vezes, Thamara Cezar.



Com dicas culturais para lésbicas, namoradas cariocas fundam canal Censuradas Vlog

Um casal de namoradas do Rio de janeiro criou um canal no Youtube para dar mais visibilidade à comunidade lésbica, assim como criar conteúdo para o grupo, através de dicas de bandas, livros, filmes e seriados com personagens lésbicas empoderadas. Isadora Fraga, 23, e Vicky Fechine, 25, criaram o ambiente chamado “Vlog Censuradas” para provar que a vivência LGBT conta com aspectos naturais. Não comuns, mas naturais. 
 
O canal já conta com mais de duas mil inscrições e 170 mil visualizações nos vídeos e pode ser encontrado no Youtube como “vlog censuradas”.



Páginas