militancia

Veja quem são as divas nacionais dos gays e porque elas são tão amadas

Cher, Cindy Lauper, Beyoncé, Britney Spears, Lady Gaga, Madonna, Nick Minaj, entre outras, todas elas já se consolidaram no mundo Pop internacional como divas da comunidade gay. O melhor de tudo é que elas sentem orgulho em ostentar esse status e levantar a bandeira LGBT. Mas, e no Brasil? Quem são as cantoras nacionais amadas pelo público gay e que já deram declarações de apoio? A Lado A fez uma seleção das maiores divas nacionais. Se a sua diva preferida não consta na nossa lista, nos informe nos comentários. Ficaremos felizes em partilhar esta informação. Confira:





Conheça os personagens LGBTQs das séries que concorreram ao Globo de Ouro de 2016

A noite do último domingo, 10, foi marcada por uma das maiores premiações do cinema e televisão do mundo, o Globo de Ouro. Dividido em 10 categorias para televisão, o prêmio é uma tradição da Associação da Imprensa Estrangeira de Hollywood e seleciona os melhores seriados de comédia, drama e minissérie. E para checar a quantos anda a representatividade da comunidade gay nos episódios dessas séries, a Lado A preparou uma lista com os principais personagens homossexuais das produções, confira:



Veja a evolução dos medicamentos e fatos que marcaram os 30 anos de luta contra a Aids

Este ano registramos 30 anos de luta contra a epidemia da AIDS, que assola o mundo todo e registrou mais de 200.000 óbitos em decorrência da doença, e continua sem uma cura. No mundo, a história do vírus e da efemeridade começa na década de 1970. O HIV se disseminou rapidamente pelos continentes africano, asiático, americano e europeu e, já em 1977, os primeiros casos eram registrados nos Estados Unidos e Haiti.



Morre Robert Spitzer, o psiquiatra que ousou dizer que a homossexualidade não era uma doença

Morreu no dia 25 de dezembro, em Seattle, EUA, por parada cardíaca, Robert Spitzer, o psiquiatra que ousou dizer que a homossexualidade não era uma doença. O homem que na década de 70 defendeu que a homossexualidade não deveria ser considerada uma doença e colocou sua carreira de sucesso em defesa de uma minoria. Seu estudo motivou a despatologização da orientação sexual homo e bi em todo mundo e com isso a esperança de direitos iguais aos gays, lésbicas e bissexuais.



Curitiba recebe encontro de militantes gays de toda a América Latina

Entre os dias 18 e 20 de dezembro, Curitiba será sede do “I Encuentro Regional Gay Latino”, reunião de militantes latino-americanos que lutam pelos direitos gays na região. O encontro tem como objetivo identificar os problemas de homens gays e lésbicos com relação à saúde, políticas públicas, homofobia e violência institucional e definir estratégias para a promoção da igualdade plena de direitos e respostas ao HIV nestas comunidades.



Campanha digital contra o Estatuto da Família #familiaéamor incentiva envio de fotos e promove petição

Nesta terça-feira foi comemorado o Dia da Família. A data foi utilizada para lançamento da bela campanha #famíliaéamor do Grupo Dignidade em parceria com outras organizações, organizada por uma das maiores agências de publicidade do país. Com fotos da campanha com imagens de famílias de diversos formatos enviada pelos apoiadores sob a hashtag #famíliaéamor, além de uma petição, a idéia é questionar o Estatuto da Família aprovado em outubro na Câmara dos Deputados, que restringe as famílias brasileiras à apenas um modelo: homem, mulher e seus filhos.



Documentário “Eu Jean Wylllys” precisa de apoio para ir aos cinemas

Em 2016, o filme “Eu_Jean Wylllys” do diretor Carlos Juliano Barros quer contar a vida e trajetória do ex BBB e hoje deputado federal Jean Wyllys, único gay assumido no Congresso Nacional. Inteligente e combativo, Jean é uma personalidade da política brasileira que entrou para a história como grande defensor das liberdades sexuais e religiosas. Para contar essa história, a produtora Lente Viva gerou 3 anos de imagens do deputado que tem sua vida política como fio condutor da narrativa.



Projeto inédito convoca todos os tipos de famílias para campanha contra Estatuto da Família

Você já deve estar ciente que uma comissão especial no Congresso Nacional aprovou no mês de setembro o Estatuto da Família que reconhece apenas como instituição familiar a união entre homem e mulher. Com isso, não apenas o casamento entre pessoas do mesmo sexo está ameaçado de perder ser reconhecimento legal no país, como toda forma de família que não corresponda àquela idealizada por este grupo de parlamentares, maioria deles da bancada religiosa. Nas próximas semanas, o Estatuto será levado ao plenário e pode ser aprovado definitivamente.



Jean Wyllys entre as 50 mais importantes figuras públicas na defesa da diversidade

Pela primeira vez a revista inglesa nominou as pessoas com maior destaque na promoção da Diversidade em todo o mundo, em oito listas dedicadas ao assunto. Uma para 50 pessoas públicas que deram voz à diversidade, um top 50 de profissionais e empresários, outras duas listas com 10 pessoas cada dedicada para consultoria e maiores promotores da diversidade, e ainda três top 10 para diversidade racial, pessoas com deficiência e empregadores.




STF retira termos pederastia e homossexual do Código Militar Brasileiro

Nesta quarta-feira, o Supremo Tribunal Federal (STF), por oito votos a dois, a alteração do artigo 235 do Código Militar, que rege as Forças Armadas do Brasil, depois que a Procuradoria Geral da União considerou o texto antiquado, preconceituoso e homofóbico.  O crime e o artigo continuam existindo mas a nova redação não trará o termo “pederastia” e nem a afirmação “homossexual ou não”, tendo em vista que apesar de dizer claramente que qualquer ato sexual dentro de um quartel ou base militar era crime, a lei colocava peso maior e reforçava preconceito aos atos homossexuais.



Emocionante: reação dos espanhóis ao lerem uma mensagem homofóbica a um casal gay

Uma campanha da Federação Estatal LGBT, FELGBT, organização governamental espanhola, traz um casal de turistas gays jovens norte-americanos no país que precisa de ajuda para traduzir um email sobre uma reserva em um hostel de Madrid. Eles pedem ajuda aos moradores locais e entregam a suposta mensagem que receberam depois da reserva. “Só aceitamos a reserva porque não vimos a foto de vocês sendo um casal. Pedimos para que não queiram transar na casa do hotel.



UNA-LGBT: Nova rede LGBT traz viés político e reúne 400 militantes de 19 estados

A União Nacional LGBT, a UNA-LGBT, é a mais nova organização de luta pelos direitos LGBT e foi fundada no dia 16 de outubro na Assembleia Legislativa de São Paulo por 400 militantes oriundos de 19 estados brasileiros. A nova rede foi articulada pelos grupos de esquerda do Partido Comunista do Brasil, PC do B, e da União Juventude Socialista, UJS, entre outros grupos. A UNA-LGBT é uma organização pluripartidária, aberta, laica, democrática, que visa lutar em todos os setores da sociedade para obter para a comunidade a cidadania plena para todos e todas.



Embratur irá apoiar núcleo de discussão sobre Turismo LGBT oficial

Durante audiência pública realizada na Câmara dos Deputados nesta quarta-feira, 14/10, em Brasília, a Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) apoiou a criação de um grupo composto por representantes do Ministério do Turismo, parlamentares, associações e empresas da área do Turismo GLS a fim de fortalecer o setor. A proposta de criação do Grupo de Trabalho será enviada pela deputada Luizianne (PT-CE) à Comissão de Turismo na próxima semana.




III Conferência Livre LGBT acontece neste sábado em Curitiba

Com o tema “Educação, Saúde, sistema de justiça, Cultura Juventude e Ação social” acontece neste sábado em Curitiba a III Conferência Livre LGBT. Organizado pelo  Grupo Dignidade, Transgrupo e Grupo Safos, o evento serve como preparação para as Conferências Municipais / Estadual / Nacional LGBT que ocorrem de 30 a 31/10/2015, 18 a 20/12 (nova data) e 02 a 04/05/2016, respectivamente. A Conferência Livre é realizada na UFPR que fornece ainda certificado de participação aos inscritos e presentes aos debates.




Gays já podem doar sangue na Argentina

"A partir destas medidas o sangue na Argentina será mais seguro do que já era”, anunciou o ministro da Saúde da Argentina, Daniel Gollan, nesta quarta-feira, as alterações nas resoluções 1507, 1508 e 1509 que retiram as restrições ao sangue doado pela comunidade LGBT no país. O novo formulário permitirá a auto exclusão da doação de forma sigilosa após a doação e não exigirá dos hospitais a obrigatoriedade da reposição do sangue aos bancos de sangue.



Curitiba ganha Comissão de Direitos Humanos e Paraná se prepara para 3ª Conferência Nacional LGBT

A 1ª Comissão Municipal de Direitos Humanos da capital paranaense tomou posse na manhã hoje, com presença do prefeito Gustavo Fruet no Salão Brasil, na sede da Prefeitura de Curitiba. É a primeira vez que o município regulamenta a estrutura formada por sociedade civil e representantes do governo para tratar o tema na cidade, em conjunto com as secretarias. A Comissão Municipal tem a finalidade de normatizar, deliberar e fiscalizar a política municipal de direitos humanos, de acordo com as diretrizes nacionais e internacionais de promoção e defesa dos direitos humanos.



Fórum da Diversidade da Grande Florianópolis abre Mês da Diversidade e critica gestão da Parada 2015

Com 21 eventos culturais, o Fórum da Diversidade da Grande Florianópolis abriu na noite desta quinta-feira, o Mês da Diversidade, programação especial organizada pelo grupo de quinze entidades e coletivos pró-LGBTs da região. Com críticas à organização da Parada da Diversidade 2015, o grupo afirmou que foi excluído do processo de construção do evento e que discorda da abordagem do evento que será realizado no dia 06 de setembro, desta vez pela Prefeitura Municipal.



Páginas