militancia

Porto Alegre tem sua Parada de Luta LGBT no dia do Orgulho Gay


O dia 28 de junho, dia que marca a revolta de Stonewall em 1969, em Nova York, quando gays, lésbicas e transexuais reagiram pela primeira vez à opressão policial em um bar em West Village será a data deste ano da Parada de Luta LGBT de Porto Alegre. A data virou símbolo de resistência e orgulho gay, sendo comemorada anualmente em todo o mundo. A Parada de Luta LGBT é uma das duas paradas da capital gaúcha e cresceu muito nos últimos anos. O que era para ser uma mini parada, alternativa, virou um grande evento.




Projeto Igualdade na Veia faz petição contra a proibição da doação de sangue por homossexuais

Pouca gente sabe mas quem fez sexo com pessoas do mesmo sexo nos últimos 12 meses não pode doar sangue no Brasil. Resquício de medidas que consideravam os homossexuais como grupo de risco por conta da contaminação do HIV, a medida tecnicamente é preconceituosa e discriminatória. Para chamar atenção ao tema, o Grupo Dignidade, de Curitiba, lançou o projeto Igualdade na Veia, que quer que a Anvisa reveja a normativa que causa a exclusão.



Com artistas, polêmica e confusão, Parada Gay de São Paulo continua a maior do mundo

O evento nascido originalmente para comemorar a revolta de Stonewall Inn em 1969, quando gays resistiram por três dias contra a violência e homofobia policial em Nova York, reagindo pela primeira vez de forma organizada contra a repressão e preconceito, inaugurando o movimento gay moderno, teve mais uma edição na Avenida Paulista neste Domingo. A 19ª. Parada do Orgulho Gay de São Paulo que teve como tema “Eu nasci assim, eu fui sempre assim...



Genial: Série fotográfica catarinense “Eu já te ouvi dizer” retrata homofobia verbal

Parte da 1a Semana de Luta Contra Homofobia de Blumenau, Santa Catarina, a mostra fotográfica “Eu já te ouvi dizer” aborda por meio de 44 fotos, feitas pela fotógrafa Sabrina Marthendal, frases comuns ouvidas por LGBTs. Militantes, estudantes e artistas posam com um quadro onde escreveram frases como “Isso é pecado”, “Isso é uma doença”,“Nada contra, mas...”, “Gay tem que ser discreto”, entre outras, que mostram o quanto a sociedade é cruel e ainda promove a homofobia por meio de falsas afirmações que extrapolam a liberdade de expressão e machucam.



20% das empresas brasileiras não contratariam homossexuais, diz pesquisa

Um estudo da empresa de recrutamento on line Elancers, aponta que 1 em cada 5 empresas não contrataria homossexuais, sobretudo para cargos executivos representativos. A pesquisa feita com 10 mil empresas, por meio de 2.075 recrutadores, a maioria mulheres, 75%, metade entre a idade de 26 e 35 anos, ou seja jovens, concluiu que o Brasil ainda está atrás de muitos países no quesito respeito ao trabalhador.



Encontrão Afeminado convida todos a dar pinta em flashmob por todo o país

Bota a cara no sol mona! Uma mobilização iniciada na internet pela página no Facebook “Sou/Curto Afeminado” irá marcar a Semana Internacional Contra a Homofobia em diversas capitais do país. O evento tem como proposta ocupar pontos importantes de grandes cidades e mostrar que há sim gays de diferentes tipos e que estes devem ter seu espaço na sociedade respeitados. Em São Paulo o evento será no Vão do Masp, no próximo sábado, dia 16,  às 16h e terá oficinas de stencil, roda de conversa e ainda passarela afeminada no melhor estilo Vogue, anos 60.




Tecnopuc de Porto Alegre recebe evento sobre gênero e ativismo na internet

Discutir as relações entre gênero, ativismo e diversidade sexual na internet é um dos objetivos da primeira edição do Freeda Talks, um evento organizado pelo coletivo Freeda que tem em sua primeira edição a missão de discutir as opiniões compartilhadas nas redes sociais. O evento poderá ser acompanhado pela internet e ocorre no próximo sábado (16), às 14h, na sede da Thoughtworks, no Tecnopuc RS, da Pontifície Universidade Católica de Porto Alegre.



Ruas de Viena ganham semáforos com casais gays para se preparar para o Eurovision

O Festival da Canção Eurovision será realizado este ano em Viena, na Áustria, no próximo dia 23 de maio. Depois de conquistar a última edição do evento com a drag queen Conchita Würst que gerou polêmica ao se apresentar de vestido e barba, o país resolveu mais uma vez trabalhar o tema tolerância em casa. Para isso dezenas de sinais de trânsito de pedestres de Vienna piscam casais do mesmo sexo em vermelho e verde com corações, para mostrar que o país ama a todos os seus visitantes.



Escola de idiomas da Espanha cria intercâmbio e curso inéditos voltados a estrangeiros gays

Que tal aprender o espanhol em um programa criado para atender alunos gays, dado por professores gays e ainda conhecer a Espanha? A empresa Sign Up Language Institute, de Sevilha, está oferecendo o curso, com possibilidade ficar em hospedagem de um gay local, e com preços convidativos. A proposta tem apoio da Gay European Tourism Association e é considerada a primeira do gênero.




Curitiba tem Semana de Enfretamento à LGBTfobia, confira a programação

O Dia de Combate a Homofobia é celebrado anualmente no dia 17 de maio e marca a data em1990 quando a Organização Mundial da Saúde retirou a homossexualidade da classificação internacional de doenças. Entre os dias 18 e 26 de maio, a militância LGBT da cidade organizou diversos eventos este ano. A programação abre no dia 18, às 9h, no prédio da UFPR para lançamento do documentário “Tô na Rua” sobre travestis e transexuais na cidade de Curitiba, destaque do Transgrupo Marcela Prado.




Homofobia no ambiente educacional é tema de livro de Toni Reis

O doutor em Educação e militante dos direitos LGBT Toni Reis lança este mês em Curitiba seu livro “Homofobia no ambiente educacional - o silêncio está gritando”, baseado em sua tese de doutorado. O livro aborda os marcos normativos de Educação no mundo, com destaque às mudanças na Educação brasileira, apontando os caminhos para uma Educação em respeito à diversidade sexual e os direitos humanos. Com entrevistas e pesquisas realizadas na capital paranaense, o livro da Editora Appris debate a homofobia e as políticas públicas para enfrentá-la.




Parada Gay de Maringá 2015 tem tema inspirado em papa Francisco: “Quem sou eu para julgar?”

Em maio, a AMLGBT (Associação Maringaense de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais) realiza a IV Semana Maringaense de Combate à Homofobia. No dia 17 de maio será realizada a quarta marcha LGBT da cidade, que este ano ganhou seu tema inspirado na declaração do pontífice católico ao comentar sobre a homossexualidade: “Se uma pessoa é gay e procura Deus e tem boa vontade, quem sou eu, por caridade, para julgá-la? O catecismo da Igreja católica explica isso muito bem.



Fotos Exclusivas: Veja como foi a comemoração de Bodas de Prata de Toni Reis e David Harrad

Na noite do último sábado, dia 21, o casal de militantes gays Toni Reis (51) e David Harrad (57), fundadores do grupo Dignidade, de Curitiba, comemoraram com amigos os 25 anos de união. Mais do que uma celebração do amor, as bodas de prata foram quase um ato público, como sempre foi a vida do casal, que na mídia expôs a falta de igualdade vivida por casais do mesmo sexo no país e desde então lutam por um mundo melhor.



Aos 23 anos, Grupo Dignidade homenageia 23 aliados da cidadania LGBT

Nesta quinta-feira, 19 de março, às 16 horas, no auditório da Regional de Saúde - CRE Barão, no Centro de Curitiba, o Grupo Dignidade organiza o evento “23 anos de luta pelo respeito: comemorando vitórias, agradecendo aliados/as, preparando-se para novos desafios”. A ocasião relembrará o trajeto do grupo que ao ser fundado em Curitiba em 1992 foi anunciado pelo tabloide sensacionalista Impacto: “Fundado o Sindicato dos Viados”.



20 anos da ABGLT é comemorado em Curitiba com encontro de lideranças e festa

No último final de semana, mais de 50 lideranças LGBT de todas as regiões do país estiveram em Curitiba para uma reunião de planejamento estratégico de três dias da Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transgêneros, a ABGLT. No primeiro dia foi comemorado o aniversário de 20 anos da entidade nacional fundada em Curitiba em 1995 que hoje abriga mais de 200 organizações.



TJSP condena Levy Fidelix a pagar R$1 milhão por danos morais coletivos após ofensa aos gays

Durante um debate de televisão no ano retrasado, o candidato à presidência Levy Fidelix (PRTB) fez declarações homofóbicas que chocaram o país. Além de se dizer contra os direitos gays, ele afirmou que aparelho excretor não gerava filhos em debate com os outros candidatos. A Defensoria Pública de São Paulo entrou com a ação contra Fidelix e nesta sexta-feira, dia 13, a 18ª Vara Cível paulista o condenou a pagar R$1 milhão de reais, a título de indenização. O dinheiro deverá ir para o Conselho Nacional de Combate à Discriminação LGBT.



Páginas