militancia

SP: Casarão na Paulista vai virar Museu da Diversidade, promete governador

O palacete Franco de Mello, na Avenida Paulista 1.919, datado de 1905, o último prédio deste período na famosa avenida paulistana, deve virar um museu LGBT, segundo afirmou o governador Geraldo Alckmin (PSDB) durante coletiva de imprensa da Parada Gay, neste final de semana. O imóvel ainda não foi desapropriado e aguarda decisão da Justiça, mas o Alckmin já afirmou que irá começar a licitação para o restauro. O antigo casão da Era dos barões do café é imponente mas precisa ser inteiramente restaurada.




OEA quer resposta do governo brasileiro sobre tortura e violação de direitos de casal de sargentos gays

Esta semana o Brasil recebeu uma notificação oficial da Comissão Interamericana de Direitos Humanos da Organização dos Estados Americanos (OEA) por conta do caso dos ex sargentos do Exército Fernando e Laci de Alcântara. Depois de julgados em tribunal militar, os dois foram condenados e desligados da corporação, que afirma que não houve homofobia ou tortura no cumprimento dos procedimentos disciplinares internos julgados na Justiça Militar. O país tem até maio para responder o pedido de informações do Centro pela Justiça e pelo Direito Internacional (Cejil).



Em nota, Comissão da Arquidiocese de São Paulo defende direitos gays pela primeira vez

O mundo está mudando e nunca é tarde para mudar. Partindo do “dar voz aqueles que não tem voz”, frase de seu fundador Dom Paulo Evaristo Ars, a Comissão Justiça e Paz Arquidiocese de São Paulo publicou ontem uma nota oficial histórica em que reflete o preconceito e homofobia da sociedade e os princípios cristão. O texto foi postado na rede social Facebook três dias antes da 18.ª Parada do Orgulho de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais de São Paulo, que acontece Domingo, na Avenida Paulista.



Quando o mundo virou alternativo e o orgulho gay foi perdido?

Há 15 anos, quando fazíamos IRContros (salas de chat de um programa primitivo em tempos de internet lenta), havia uma piada interna no canal #GaySC: “Pai, eu não sou gay, eu sou alternativo”, dito por um dos membros ao sair do armário em casa. De repente, passou a moda clubber, as drags, as paradas, podemos casar, a homofobia é discutida todos os dias, e cá estamos, em um mundo alternativo, de um lado com a ameaça evangélica e do outro o mundo goy. O que aconteceu?




Novo livro “Tempo Bom, Tempo Ruim” do deputado federal Jean Willys aborda sua trajetória e pensamentos

O sempre combatente militante e político Jean Wyllys, “Tempo bom, tempo ruim” será lançado no próximo dia 3 maio, e traz textos seus sobre assuntos polêmicos como minorias, manifestações de junho, homofobia, politica e maconha. Eleito como melhor deputado federal do Brasil em 2013 e 2012, pela revista Congresso Em Foco, por meio de votação popular, o parlamentar formado em jornalismo, vencedor do Big Brother Brasil 5, nascido na pequena cidade de Alagoinhas, no interior da Bahia, é hoje um dos principais defensores das minorias e dos direitos humanos no Congresso Nacional.




Suprema Corte da Índia reconhece terceiro gênero

As transexuais e travestis indianas, mais conhecidas como “hijras”, categoria a qual também se incluem os eunucos, conseguiram na Justiça o direito de serem consideradas um terceiro sexo e, por conseguinte, não serem enquadradas na lei que pune a homossexualidade, resgatada no ano passado e que tornou o sexo gay ilegal no país. Agora, as transexuais poderão se enquadrar em “outros” e não apenas nos gêneros masculino e feminino.



18ª Parada do Orgulho LGBT de SP pede a criminalização da homofobia. Confira todos os temas até hoje!

No dia 4 de maio, a Avenida Paulista recebe mais uma edição da maior parada gay do mundo, a Parada do Orgulho LGBT de São Paulo, em sua 18ª edição. Este ano o tema será “País Vencedor é País Sem Homolesbotransfobia: Chega de Mortes! Criminalização Já!”. O tema foi alterado para incluir os segmentos das lésbicas e das transexuais, já que falar apenas homofobia subentende-se que não se pede a criminalização explícita da violência e preconceito contra as transexuais e lésbicas, segundo seus movimentos.




Itália: Corte ordena que cidade reconheça casamento gay realizado no exterior

A corte da cidade de Grosseto, na Toscana, abriu um precedente importante na Itália. Stefano Bucci e Stefano Chigiotti, casados desde 2012 nos EUA, solicitaram o reconhecimento oficial da união em um cartório da cidade e tiveram o pedido recusado. Eles entraram com processo alegando a legalidade do reconhecimento da união realizada no exterior, assim como acontece com casais heterossexuais que se casam no estrangeiro. A corte da cidade reconheceu o direito da legalização da união realizada em país que reconhece o casamento gay pela primeira vez na Itália.




Deprimente: Ideli Salvatti é nova ministra dos Direitos Humanos e Maria do Rosário promete lei contra homofobia

Enquanto ministra da Secretaria de Relações Institucionais, a senadora catarinense Ideli Salvatti protagonizou um verdadeiro escândalo no final do ano passado, quando em troca do apoio dos evangélicos à reeleição da presidente Dilma, ousou interferir na votação do PLC 122 na Câmara. A mando do Palácio do Planalto, Ideli telefonou aos parlamentares petistas para que o projeto de lei que criminalizaria a homofobia só fosse à votação depois das eleições deste ano. A informação vazou e queimou a ministra com o movimento gay, ou deveria ter queimado.



Ativista Harvey Milk deve virar selo dos EUA com direito a bandeira gay

Segundo um site de filateria dos EUA, já está aprovada a estampa do selo dos US Post (Correios dos EUA) que será lançado este ano, no aniversário da morte de Harvey Milk, em 22 de maio, data que marca o nascimento do primeiro político gay eleitos nos EUA, que completaria 74 anos. O supervisor de São Francisco e militante gay foi assassinado em 1978 junto ao prefeito da cidade, por outro supervisor eleito. O político é o primeiro ativista do movimento gay a ser homenageado com um selo oficial dos Estados Unidos.



Site de relacionamentos pede para usuários boicotarem o navegador FireFox da Mozilla

Se a Mozilla acreditava que a rejeição ao seu nov o CEO seria apenas de alguns funcionários mais militantes, se enganou. O site de paqueras OkCupid botou um sermão para ser lido por quem acessa o seu conteúdo pelo navegador FireFox da Mozilla. Além de rejeitar o presidente da Mozilla, Brendan Eich , por ter doado dinheiro a entidades contra o casamento gay, o OkCupid lembra ainda que 8% de seus usuários são pessoas que se relacionam com outras pessoas do mesmo sexo e ainda que se o casamento gay fosse proibido, as pessoas que se conhecem no site seriam privadas de seus direitos.



Comissão da Verdade: Perseguição a gays durante a ditadura pode criar proposta de criminalização da homofobia

Durante o evento Ditadura e Homossexualidade no Brasil, realizada neste sábado, dia 29, no Memorial da Resistência de São Paulo, foi levantada a possibilidade da Comissão Nacional da Verdade (CNV) propor uma legislação que puna a homofobia no Brasil. “Vinte e cinco anos depois da Constituição de 1988 não existe uma legislação que puna o delito de discriminação por homofobia”, afirmou o cientista político Paulo Sérgio Pinheiro, membros da CNV, presente ao evento.




Oscar Gay 2014: GGB distribui Troféu Triângulo Rosa aos simpatizantes e o Troféu Pau de Sebo aos inimigos dos LGBTs

Há 24 anos, o Grupo Gay da Bahia divulga o Oscar Gay, premia com o Troféu Triângulo Rosa os simpatizantes da causa LGBT e com o famigerado Troféu Pau de Sebo os inimigos da comunidade gay. O objetivo do Oscar Gay, em sua 24ª edição, é estimular as autoridades e VIPs a apoiarem a cidadania plena da população LGBT e erradicar a intolerância homofóbica.



Orações para Ryan: Mãe conta história real de filho gay morto em “Só por ele respirar”

“Just Because He Breathes” é o emocionante blog criado por Linda Diane Robertson, mãe de Ryan Robertson, morto aos 18 anos de idade, em Seattle, Estados Unidos, em 2009. Em Janeiro deste ano ela postou no Facebook a história de sua vida, de uma mãe em dor. Assim como no filme “Orações para Bobby”, ela, uma fervorosa mãe cristã, não viu o destino trágico que se escrevia a sua frente quando rejeitava seu filho por ser homossexual. O texto narra, infelizmente, uma história que se repete mas que serve de alerta.



Grupo Dignidade comemora 22 anos e premia 14 organizações e pessoas aliadas da cidadania LGBT

Na noite de 17 de março de 2014,  no salão nobre Homero de Barros da Universidade Federal do Paraná, o Grupo Dignidade, de Curitiba, agraciou 14 pessoas e organizações consideradas aliadas da promoção da cidadania das pessoas LGBT em Curitiba e no Paraná. O prêmio criado em 2005 tem por objetivo reconhecer e agradecer os esforços das pessoas e organizações aliadas. 
 
Toni Reis, um dos fundadores e atual diretor executivo do Grupo, parabenizou e agradeceu as alianças estabelecidas.



Banco Mundial: Os custos da homofobia na economia e o impacto da exclusão ao desenvolvimento

Na última quinta-feira, uma palestra promovida pelo Banco Mundial em Washington, EUA, discutiu o impacto que o preconceito homofóbico tem na economia de um país e o custo humano e social dessa problemática. Baseado em um estudo de caso feito na Índia, o evento apresentou números importantes ao analisar o impacto que a homofobia gera com suicídios, demissões, trabalhadores infelizes, depressão e comportamentos de risco. O custo da homofobia pode chegar à casa dos bilhões, e representa até 1,7% do PIB do país, alertou o painel realizado por especialistas.




Páginas