policial

Morre adolescente gay que teve mangueira de alta pressão colocada em seu ânus no trabalho

O crime aconteceu na cidade de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul. Perto das 22h da sexta-feira, 03, o dono de um lavacar ligou para a família de um dos seus funcionários informando que o garoto de 17 anos precisava ser levado ao hospital por conta de "umas brincadeiras". O ocorrido foi que o dono, de 20 anos, e outro funcionário, de 30, seguraram o garoto e inseriram uma mangueira de compressão de ar no ânus do garoto.
 
Encaminhado pela família para a Santa Casa, o adolescente precisou passar por uma cirurgia e foi parar na UTI por ter rebaixamento de consciência.



Amizade entre jovem evangélico e lutador acaba em tragédia no interior do Paraná

No dia 18 de janeiro, Messias Ricetto, 34, foi encontrado por policiais em sua casa, após a notificação dos vizinhos, gravemente ferido e amarrado com fios em Bandeirantes, no interior do Paraná, a 450 quilômetros de Curitiba, no Norte do Paraná. Depois de 23 dias internado, o rapaz veio a óbito em Londrina. Estima-se que ele foi torturado e tenha ficado mais de 24 horas amarrado.



Polícia conclui investigações sobre caso de mãe que matou adolescente gay em SP

O assassinato de Itaberli Lozano Rosa, de 17 anos, no dia 29 de dezembro chocou não só a sua cidade, Cravinhos, SP, como o Brasil todo. Os principais suspeitos do crime são a mãe do garoto, o padrasto e outros dois jovens. A Polícia Civil da cidade concluiu o inquérito no último final de semana e, apesar de responsabilizar a mãe pela morte da criança, sugeriu a hipótese de que isso só aconteceu porque ela se sentia ameaçada por Itaberli.



Depois de sofrer assalto, casal gay passa por situação lamentável em frente a balada

Na madrugada desta quinta-feira, os namorados Luis, 25 anos, e Cristiano, 19 anos, saíram a pé de uma balada alternativa por volta das 4h30 da madrugada no bairro Mercês quando uma quadra depois foram abordados por dois casais de assaltantes que os renderam. Os ladrões levaram celulares e carteiras. Enquanto Luis foi abordado pacificamente, Cristiano foi agredido violentamente por um dos criminosos com chutes e pontapés, mesmo sem mostrar reação ao assalto. O homem tentou esfaquear Cristiano que se defendeu segurando a lâmina, provocando um corte em sua mão.



A barbárie da morte do homem que ousou defender uma travesti no Metrô de São Paulo no dia de Natal

Não é Aleppo, é Brasil. Não é qualquer cidade, é São Paulo, a maior metrópole da América do Sul. Não foi em um beco, foi em plena estação do Metrô. Há algo errado, muito errado. Certo estava o homem, o vendedor ambulante Luiz Carlos Ruas, 54 anos, que foi defender uma travesti perseguida por dois homens aos berros de “vamos matar”. Ele acabou morto no dia de Natal. O crime ocorreu por volta das 20h deste domingo, dia 25.



Morte misteriosa de companheiro de trans em Curitiba vai parar nas páginas policiais

Uma misteriosa morte ocorrida na madrugada desta segunda-feira, em Curtiba, mostra como a mídia ainda age com transfobia em casos que envolvem transexuais e travestis. O caso em questão é a morte do companheiro de uma transexual, ele encontrado morto e ela ferida, no apartamento onde moravam no Centro de Curitiba. Primeiro, os veículos de comunicação não trataram a vítima sobrevivente, Scarlet Prates, 30, com seu nome social, além de divulgarem seu nome de registro, e ainda a trataram o tempo todo no masculino. Ou como travesti, enquanto ela é uma mulher transexual.




Mais um assalto violento no trajeto para a balada gay, agora em plena luz do dia

Segunda-feira está virando dia de contagem das violências sofridas em Curitiba a caminho ou volta das baladas, principalmente as LGBTs. Os gays viraram vítimas de assaltos violentos nos trajetos antes seguros rumo às baladas. Em muitos dos casos há xingamentos homofóbicos, em outros não. Desta vez, dois rapazes, um de 28 e outro de 18 anos, foram abordados violentamente quando estavam neste Domingo próximo às ruínas do São Francisco, na Rua Jaime Reis, quando iam para uma domingueira famosa nas Mercês, por volta das 19h, ainda com Sol.



DJ é vítima de garrafada em Balneário Camboriú por homofobia

O DJ Rafael Weingartner, 32, de Floripa, estava na praia em Balneário Camboriú por volta das 23h desta quarta-feira quando começou a levantar seu companheiro, também chamado Rafael, pelas pernas, em uma brincadeira. Eles, que ainda não estão namorando oficialmente, estavam na faixa de areia em frente à Praça Central quando, de repente, notou que sua perna estava inchada e quente. “Acho que esses maloqueiros jogaram uma garrafa na gente”, disse o jovem que mora em Balneário. 



Homofobia: Jovem é atacado brutalmente por vizinho em Curitiba

Sair da casa dos pais é sempre um desejo de muitos jovens gays, em busca de seu espaço e liberdade, mas nem sempre o resultado é ir morar em um local tão seguro. Foi o que descobriu o chef de cozinha Ricardo Lacerda, de 30 anos, de Curitiba. Há alguns meses morando no bairro do Seminário, em razão da proximidade ao seu trabalho, ele foi surpreendido por um vizinho que o atacou com um facão dentro da cozinha de sua casa.



Mister Rondônia Teen matou amante para roubar carro

João Victor Doenha, 18 anos, Mister Universo Teen Rondônia no ano de 2015, confessou o assassinato do gerente do banco Sicoob de Ouro Preto do Oeste, Gleysson Batista Campos, de 33 anos. Os suspeitos pretendiam vender veículo da vítima, um Toyota Corolla, por R$ 50 mil, na Bolívia, por isso resolveram matar o homem depois que ele resistiu ao roubo. Doenha foi preso nesta segunda-feira (28), o crime ocorreu no domingo (27) no morro Chico Mendes, em Ouro Preto do Oeste. 




Ex ministro gay denuncia tráfico de influência no governo Temer

São poucos os gays assumidos na política brasileira e não podemos deixar de elogiar o ex ministro da Cultura Marcelo Calero, único LGBT no primeiro escalão do governo Temer, que pediu demissão na semana passada. Esta semana, soube-se o motivo: ele foi pressionado a retirar um embargo da obra de um prédio em Salvador em que o ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima e sua família teriam investido. Geddel pediu demissão nesta sexta-feira, depois do escândalo aumentar.



Polícia não descarta homofobia em morte de estudante em Curitiba

Desde o dia 2 de Novembro, um crime brutal e misterioso no bairro do Bigorrilho intriga a polícia. O estudante universitário Jeferson Farias Alves, de 24 anos, natural de Arapoti, foi encontrado morto com perfurações por arma branca, uma faca sem indícios de sangue foi encontrada do outro lado da rua. 
 
Todos os pertences do jovem, incluindo a carteira, um relógio Fossil e um iphone, estavam junto ao corpo já em óbito quando a polícia chegou ao local.



Páginas